Câmara aprova pacote anticrime de Sergio Moro | A Rede - Aconteceu. Tá na aRede! Portal aRede - Aconteceu! Tá na aRede!
Publicidade

Cotidiano

O texto-base foi aprovado por 408 votos a favor, 9 contra, e 2 abstenções

Foto: Reprodução/Agência Brasil

Agência Brasil | Cotidiano | 05/12/2019 as 09:00h

Câmara aprova pacote anticrime de Sergio Moro

Projeto de lei traz modificações na legislação e no processo penal

O plenário da Câmara aprovou nessa quarta-feira (4) o  projeto de lei do pacote anticrime (PL 10372/18). O texto-base foi aprovado por 408 votos a favor, 9 contra, e 2 abstenções e, posteriormente, os parlamentares rejeitaram um destaque do partido Novo, que pedia a retirada do texto da figura do juiz de garantias, um magistrado responsável pelo controle da legalidade da investigação criminal e que não fará o julgamento do mérito do fato.

O PL segue para análise do Senado.

Mais cedo, os deputados aprovaram um pedido de tramitação em regime de urgência do PL, que foi aprovado por 359 votos a 9. 

Os deputados aprovaram o substitutivo do deputado Lafayette de Andrada (Republicanos-MG), seguindo o texto do relator do grupo de trabalho, deputado Capitão Augusto (PL-SP). O grupo de trabalho analisou dois textos sobre o assunto encaminhados ao Legislativo. Uma das propostas originais foi elaborada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, e a outra pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Para chegar ao texto final, o grupo de trabalho retirou temas polêmicos, como a definição de que não há crime se a lesão ou morte é causada por forte medo (o chamado excludente de ilicitude) e a previsão de prisão após condenação em segunda instância.

Entre os pontos que constam no projeto estão o aumento de 30 anos para 40 anos no tempo máximo de cumprimento da pena de prisão no país e o aumento da pena de homicídio simples, se envolver arma de fogo de uso restrito ou proibido (como fuzis), que passará de 6 anos a 20 anos para 12 anos a 30 anos de reclusão, entre outros casos em que há aumento de penas.

Outra alteração é que a concessão da liderdade condicional  dependerá também de o condenado não ter praticado falta grave no presídio nos últimos 12 meses dessa liberação e o comportamento deverá ser considerado bom em vez de satisfatório.

O projeto também aumenta o número de casos considerados como crimes hediondos, em que o condenado não pode contar com anistia, graça ou indulto e deve começar a cumprir a pena em regime fechado. Passam a ser considerado esse tipo de crime, entre outros, homicídio e roubo com arma de fogo de uso restrito ou proibido; furto com uso de explosivo; comércio ou tráfico internacional de arma de fogo e organização criminosa para a prática de crime hediondo. Entretanto, deixou de ser hediondo a posse ou porte de arma de uso restrito por aqueles que não podem fazê-lo.

O direito à progressão de regime, quando o condenado pode passar de um cumprimento de pena mais rigoroso (fechado, no presídio) para outro menos rigoroso (semi-aberto, somente dormir no presídio, por exemplo), dependerá do tipo de crime. Com as novas regras, o tempo exigido varia de 16%, para o réu primário cujo crime tenha sido sem violência à vítima, a 70%, no caso de o condenado por crime hediondo com morte da vítima ser reincidente nesse tipo de crime.

email sharing button
email sharing button
email sharing button
email sharing button

Publicidade

Recomendados

Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ponta Grossa 19/09/2020 ás 13:28h
Ponta Grossa 19/09/2020 ás 13:28h
Publicidade
Cotidiano 19/09/2020 ás 10:29h
Publicidade
Ponta Grossa 19/09/2020 ás 09:58h
Ponta Grossa 19/09/2020 ás 09:25h
Ponta Grossa 19/09/2020 ás 08:26h
Publicidade

LIVES RECENTES

Ao Vivo
ao vivo | 18/09/2020 ás 18:44h

Mercado imobiliário se reinventou e garantiu crescimento nas vendas durante a pandemia

Assista ao É Notícia desta sexta-feira
Professor Edson quer uma PG mais inclusiva
Médica ajuda mulheres a engravidarem após menopausa
Ver Mais
Publicidade

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 19/09/2020 ás 07:48h

Residência em Uvaranas é atingida por incêndio

Ponta Grossa 19/09/2020 ás 07:26h
Publicidade
Ponta Grossa 18/09/2020 ás 21:15h
Publicidade

COTIDIANO

Cotidiano | 18/09/2020 ás 20:30h

Paraná vai antecipar campanha contra pólio e multivacinação

Publicidade
Cotidiano 18/09/2020 ás 14:40h
Publicidade

VÍDEOS

Vamos Ler | 16/09/2020 ás 17:30h

‘Buffet de frutas’ incentiva aprendizado do espanhol

Ver Mais

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 18/09/2020 ás 21:30h

Polícia Militar deflagra operação em Piraí do Sul

Campos Gerais 18/09/2020 ás 21:00h
Campos Gerais 18/09/2020 ás 20:15h
Publicidade
Campos Gerais 18/09/2020 ás 14:23h
Campos Gerais 18/09/2020 ás 10:49h
Publicidade

MIX

Mix | 19/09/2020 ás 05:55h

Cine Teatro Ópera celebra 70 anos em Ponta Grossa

Publicidade
Publicidade

ESPORTE

Esporte | 18/09/2020 ás 07:29h

Del Valle humilha Flamengo em Quito e goleia por 5 a 0

Esporte 18/09/2020 ás 07:26h
Publicidade
Publicidade

INSANA

Insana | 23/08/2020 ás 17:01h

Vendedora de mel é notificada por usar foto de ator em rótulo

Insana 06/08/2020 ás 13:37h
Publicidade
Insana 20/07/2020 ás 14:01h
Publicidade

VAMOS LER

Vamos Ler | 16/09/2020 ás 17:30h

‘Buffet de frutas’ incentiva aprendizado do espanhol

AGRONEGÓCIO

Agronegócio | 18/09/2020 ás 21:45h

CAPAL completa 60 anos com mais de 3,2 mil associados

Publicidade

ROMULO CURY

Romulo Cury | 19/09/2020 ás 06:30h

Confira a Coluna RC deste Sábado (19-09)

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 19/09/2020 ás 06:00h

Confira seu horóscopo para este Sábado (19/09)

EMPREGOS

Empregos | 17/09/2020 ás 16:46h

Vagas na Agência do Trabalhador para Sexta-feira (18/09)

Publicidade

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 18/09/2020 ás 12:01h

Morte de rapaz entristece e comove amigos em PG

Ponta Grossa 14/09/2020 ás 18:10h
Bom Dia Astral 14/09/2020 ás 06:00h
Ponta Grossa 14/09/2020 ás 10:35h
Campos Gerais 13/09/2020 ás 07:31h
Publicidade
Publicidade