Portal aRede - Aconteceu! Tá na aRede!
Publicidade

Cotidiano

A última vez em que o governo do Estado promoveu mudanças no Paraná Previdência, houve forte reação contrária do funcionalismo Foto: Reprodução/Agência de Notícias do Paraná
Da Redação | Cotidiano | 18/11/2019 as 13:00h

Governo do Paraná pretende reformar previdência neste ano

A intenção do Executivo de enviar a proposta ainda este ano ao Legislativo foi confirmada na semana passada pelo chefe da Casa Civil, Guto Silva (PSD)

O governo do Estado deve encaminhar nos próximos dias à Assembleia Legislativa uma proposta própria de reforma da previdência, independente da PEC Paralela ainda em discussão no Senado. A estratégia, segundo fontes do governo e lideranças sindicais do funcionalismo é garantir a aprovação das mudanças ainda em 2019, antes do recesso parlamentar de final de ano, evitando que a discussão se estenda até 2020, ano de eleições municipais, e a mobilização dos servidores contra a iniciativa. A intenção do Executivo de enviar a proposta ainda este ano ao Legislativo foi confirmada na semana passada pelo chefe da Casa Civil, Guto Silva (PSD). Segundo ele, o projeto já está pronto e deve seguir os mesmos moldes da proposta federal, com aumento da idade mínima e do tempo de serviço para a aposentadoria dos servidores públicos estaduais.

Representantes do Fórum das Entidades Sindicais do Servidores (FES/PR) reagiu pedindo uma reunião com urgência com o secretário de Estado da Administração e da Previdência, Reinhold Stephanes, para hoje, para cobrar informações sobre a proposta. A categoria já ameaça convocar uma assembleia do funcionalismo para discutir a deflagração de uma greve, caso o Executivo não abra negociações com os sindicatos.

A última vez em que o governo do Estado promoveu mudanças no Paraná Previdência – fundo de aposentadoria e pensão dos servidores públicos – ainda na gestão do ex-governador Beto Richa (PSDB), em 2015 - houve forte reação contrária do funcionalismo. A votação das propostas acabou resultado em um confronto entre servidores em greve e policiais militares, em 29 de abril daquele ano, no Centro Cívico, que terminou com mais de 200 feridos.

Automático
A PEC Paralela permite que os Estados, o Distrito Federal e os municípios adotem em seus regimes próprios de previdência social as mesmas regras aplicáveis ao regime próprio da União. Entre as principais mudanças está a idade mínima para se aposentar, de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens. E o tempo de contribuição mínimo de 15 anos para mulheres e 20 para homens.

Os estados e municípios que não aprovarem regras próprias vão aderir automaticamente ao regime da União, caso o sistema tenha sido adotado pelo estado do qual fazem parte. O texto-base da PEC Paralela foi aprovado pelo Senado em primeiro turno no último dia 6, com 56 votos a favor e 11 contra, mas ficaram pendentes de votação quatro destaques de bancadas partidárias referentes a emendas rejeitadas pelo relator Tasso Jereissati (PSDB/CE). A expectativa é de que a votação seja concluída nesta semana, e a matéria siga para a Câmara Federal.

“A Reforma da Previdência sancionada pelo governo federal vai causar prejuízos imensos à grande massa de assalariados no país e Ratinho pretende fazer o mesmo com os servidores estaduais”, afirma o presidente da APP-Sindicato, Hermes Leão, que integra a coordenação do FES.

Leia a matéria completa no Bem Paraná


Publicidade

Recomendados

Publicidade

LIVES RECENTES

ao vivo | 13/12/2019 ás 18:22h

aRede mostra como ficou lindo o Sesc Estação

ao vivo 13/12/2019 ás 16:28h
Ver Mais
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ponta Grossa 14/12/2019 ás 16:48h
Publicidade
Cotidiano 14/12/2019 ás 12:27h
Cotidiano 14/12/2019 ás 11:29h
Publicidade
Cotidiano 14/12/2019 ás 09:32h
Cotidiano 14/12/2019 ás 09:17h
Publicidade

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 14/12/2019 ás 09:16h

Clube Verde realiza ‘Rainha das Piscinas’ no fim de semana

Ponta Grossa 14/12/2019 ás 08:53h
Ponta Grossa 14/12/2019 ás 08:42h
Publicidade
Ponta Grossa 14/12/2019 ás 08:05h
Ponta Grossa 14/12/2019 ás 07:21h
Publicidade

COTIDIANO

Cotidiano | 13/12/2019 ás 19:23h

Caixa reduz juros no crédito habitacional

Publicidade
Publicidade

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 14/12/2019 ás 08:16h

PM recupera veículo furtado em Witmarsun

Campos Gerais 13/12/2019 ás 19:53h
Publicidade
Campos Gerais 13/12/2019 ás 17:20h
Campos Gerais 13/12/2019 ás 12:20h
Publicidade

MIX

Mix | 13/12/2019 ás 21:00h

SBT perde audiência sem jornalismo durante madrugada

Mix 13/12/2019 ás 15:00h
Publicidade
Publicidade

ESPORTE

Esporte | 13/12/2019 ás 18:40h

Operário Sub-20 vence jogo preparatório para Copinha

Publicidade
Esporte 12/12/2019 ás 14:48h
Publicidade

INSANA

Insana | 09/12/2019 ás 12:20h

Banana é vendida por R$ 497 mil em feira de arte

Publicidade
Publicidade

VAMOS LER

Vamos Ler | 10/12/2019 ás 20:10h

‘Entrevista’ é tema de atividade em 5º ano A

AGRONEGÓCIO

Agronegócio | 13/12/2019 ás 12:40h

CAPAL evolui em ranking das maiores do agro

Publicidade

ROMULO CURY

Romulo Cury | 14/12/2019 ás 01:00h

Coluna RC traz ensaio “O cão é o melhor amigo do homem”

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 14/12/2019 ás 07:00h

Confira seu horóscopo para este sábado (14/12)

EMPREGOS

Empregos | 13/12/2019 ás 06:00h

Vagas na Agência do Trabalhador para sexta-feira (13/12)

Publicidade

MAIS LIDAS

Cotidiano | 10/12/2019 ás 10:48h

Urgente: acidente mata três e fere cinco no PR

Ponta Grossa 11/12/2019 ás 10:30h
Ponta Grossa 08/12/2019 ás 15:38h

VÍDEOS

Ponta Grossa | 13/12/2019 ás 18:19h

Rangel propõe amplo debate do Tarifa Zero em 2020

Ponta Grossa 11/12/2019 ás 17:21h
Publicidade