PUBLICIDADE

Obras de expansão na Capal de Wenceslau Braz entram em reta final

Investimento de R$ 29,2 milhões permitiu a construção de um novo armazém com área total de 9.645 m²

Espaço abrigará sementes de soja, trigo, aveia, triticale e cevada
Espaço abrigará sementes de soja, trigo, aveia, triticale e cevada -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

As obras de expansão da Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS) da Capal Cooperativa Agroindustrial, de Wenceslau Braz, já entraram na reta final e a previsão é de que sejam entregues ainda no primeiro semestre de 2023.

Com um investimento total de R$ 29,2 milhões, a construção do novo armazém iniciou em 2022 e terá uma área total de 9.646 m² para abrigar sementes de soja, trigo, aveia, triticale e cevada. Segundo o coordenador de sementes, Darlei Haefliger, a capacidade do novo armazenamento triplicará com a construção do novo armazém.

Através de extensas docas de expedição, o fluxo de embarque de sementes embaladas terá um incremento em relação à estrutura existente. O novo armazém conta com tecnologia de isolamento térmico, propiciando maior longevidade e qualidade final das sementes armazenadas.

“Tínhamos uma grande demanda para a venda externa, além do consumidor interno (cooperado) que consome um terço da produção. Havia bastante potencial produtivo para produção de campo de sementes, só que a capacidade de armazenagem estava limitada”, disse.

Darlei complementou ainda que, até então, os armazéns abrigavam 200 mil sacas de sementes. “A ampliação da capacidade de armazenagem será de 400 mil sacas, totalizando 600 mil com as que nós já trabalhamos hoje”, comentou.

Automatização 

A ampliação também contará com um sistema de transportes que fará a interligação entre os armazéns transportando os big bags de um armazém para o outro, através de trilhos elevados com uso de carros elétricos.

A medida traz ganhos com agilidade e diminui os riscos aos funcionários. A previsão, de acordo com o coordenador, é de que essa etapa da obra seja concluída no mês de janeiro. 

Tratamento de sementes

Prevista para ficar pronta em março, a nova Linha de Tratamento de Sementes triplicará a capacidade de produção, aumentando de 10 toneladas/hora para 30 toneladas/hora. “A ampliação do tratamento de sementes foi em função da demanda dos cooperados que compram praticamente todo o volume de semente tratada e de clientes externos que a cada ano tendem a comprar mais. Atualmente, vendemos para todo o Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul”, destacou.

Capacidade de recepção

A capacidade de recepção teve um incremento significativo através da aquisição de dois secadores contínuos de 80 toneladas/hora que multiplicarão em até sete vezes a capacidade de secagem.

Com a maior capacidade de secagem, também buscou-se aumentar a velocidade de acondicionamento em big bags da semente pré-beneficiada, aumentando de um para cinco fluxos simultâneos e independentes.

Modernização

Para o coordenador, a expansão proporcionará mais agilidade para o cooperado descarregar a semente e retornar com o caminhão o mais rápido possível para a lavoura.

“As obras também otimizarão o tratamento de sementes, sem contar com a armazenagem que antes dependia do apoio de outras unidades e com a ampliação isso dará mais tranquilidade para toda a Cooperativa”, finalizou.

Com informações: assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE