PUBLICIDADE

Engenheira morta em grave acidente na BR-277 é identificada

Vítima trabalhava como engenheira florestal e morava em Prudentópolis

Keyla era Engenheira Florestal, morava em Prudentópolis e trabalhava em Irati
Keyla era Engenheira Florestal, morava em Prudentópolis e trabalhava em Irati -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A mulher de 22 anos morta em um acidente na manhã desta segunda-feira (28), na BR-277, em Irati, foi identificada. Keyla Karine Michalichen conduzia uma motocicleta que se envolveu numa colisão contra um caminhão. O corpo foi recolhido pelo IML de União da Vitória. Responsabilidades pela tragédia serão apuradas pela Polícia Civil.

Keyla era Engenheira Florestal, morava em Prudentópolis e trabalhava em Irati. Nos finais de semana, ela se deslocava para Prudentópolis. A princípio, nesta segunda-feira ela estava retornando de Prudentópolis para Irati quando sofreu o acidente.

Detalhes do caso

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), responsável pelo atendimento da ocorrência, a moto pilotada pela vítima atingiu a traseira de um caminhão, que estava parado na pista por problemas mecânicos. A PRF não informou se o caminhoneiro sinalizou a estrada.

O acidente aconteceu por volta das 8h30. Este trecho é de pista simples. O Instituto de Criminalística foi acionado para fazer o levantamento de local. A moto tem placas da cidade de Prudentópolis e o caminhão é de Piraí do Sul. O nome da vítima ainda não foi informado.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE