PUBLICIDADE

Prefeito Butina destaca importância das obras na Transbrasiliana

Gestor de Tibagi avaliou as tratativas anunciadas pelo Estado nesta semana e projetou um amplo desenvolvimento para a cidade

Para Butina, o projeto que deve começar a sair do papel já em 2023 representa a realização de um sonho
Para Butina, o projeto que deve começar a sair do papel já em 2023 representa a realização de um sonho -

Allyson Santos

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O projeto que consiste na pavimentação da rodovia Transbrasiliana (BR-153), no trecho que compreende a região dos Campos Gerais, está prestes a ser retomado pelo Governo do Estado. A iniciativa colocada em pauta pelo governador Ratinho Junior (PSD) em reunião com o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, na segunda-feira (17), prevê 53 quilômetros de pavimentação entre o distrito de Alto do Amparo, em Tibagi, até Imbituva.

Em entrevista concedida ao Jornal da Manhã e Portal aRede, o prefeito de Tibagi, Artur Butina (PSC), se pronunciou a respeito do projeto. “Para nós é uma satisfação muito grande. Esta é uma luta que existe no município e na região há muitos anos. Batalhamos por isso em várias outras ocasiões. Antes mesmo de assumirmos a prefeitura, nos reunimos com lideranças regionais para tentar solucionar essa questão”, relembrou. Butina crê que o Governo do Estado deve procurar o município em breve, após as eleições.

Perspectiva de desenvolvimento

De acordo com Butina, o projeto que deve começar a sair do papel já em 2023 representa a realização de um sonho para a cidade. Segundo ele, o projeto pode ajudar a colocar Tibagi diretamente na linha do progresso. “A Transbrasiliana corta três grandes rodovias no Paraná, como é o caso das BRs 277, 373 e 376. Logo, é uma ação que deve potencializar o escoamento da safra e também fomentar a atração de novas indústrias”, avaliou.

Com informações da Agência Estadual de Notícias

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE