PUBLICIDADE

Telêmaco Borba prevê orçamento de R$ 421 milhões para 2023

Projeção foi divulgada durante a Audiência Pública a respeito da Lei Orçamentária Anual (LOA)

Foram divulgadas algumas das ações que a Prefeitura de Telêmaco Borba pretende realizar em 2023
Foram divulgadas algumas das ações que a Prefeitura de Telêmaco Borba pretende realizar em 2023 -

Allyson Santos

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O município de Telêmaco Borba prevê um orçamento de aproximadamente R$ 421 milhões para o ano de 2023. A projeção foi divulgada durante a Audiência Pública a respeito da Lei Orçamentária Anual (LOA), realizada no fim do mês de setembro. De acordo com o secretário municipal de Finanças, Celso Elli Burakovski, a despesa estimada deverá girar em torno do R$ 392 milhões. Cerca de R$ 29,5 milhões serão destinados à Reserva do Regime Próprio de Previdência Social (RRPS).

Para o poder Executivo, o valor será de R$ 364,7 milhões, enquanto que para o Fundo Previdenciário Municipal, serão disponibilizados R$ 56,9 milhões. A maior parte do orçamento será destinado às áreas de Obras, com R$ 106,72 milhões; Educação, com R$ 80,19 milhões; Saúde, com R$ 69,60 milhões, Assistência Social, com R$ 18,30 milhões; Legislativo, com R$ 10,17 milhões, e nas outras áreas, R$ 79,84 milhões. Os valores totalizam R$ 364,75 milhões.

Ações futuras

Durante a Audiência Pública, também foram divulgadas algumas das ações que a Prefeitura de Telêmaco Borba pretende realizar em 2023. Na área de Infraestrutura, foram destacados os projetos para a nova sede da Câmara Municipal, a revitalização da Avenida Horácio Klabin, a construção de uma Arena Multiuso, a instalação de um Centro de Tecnologia da Informação e a construção da Unidades Básicas de Saúde (UBS) São Francisco e UBS Monte Sinai. Também estão previstas reformas em escolas e Centros Municipais de Educação, além de outras iniciativas.

Superávit em 2022

Telêmaco Borba fechou os primeiros oito meses deste ano com um superávit orçamentário de aproximadamente R$ 35 milhões. A receita contabilizada no 2º quadrimestre (entre maio e agosto) foi de R$ 144,97 milhões e a despesa empenhada de R$ 112,41 milhões, resultando em superávit orçamentário de R$ 32,55 milhões. No 1º quadrimestre (entre janeiro e abril) a receita foi de R$ 129,09 milhões, para uma despesa de R$ 126,68 milhões, o que resultou em um superávit de R$ 2,41 milhões. Levando em conta o desempenho anual, até o mês agosto, as receitas chegaram a R$ 274,06 milhões, as despesas de R$ 239,09 milhões. O superávit acumulado chegou a R$ 34,96 milhões.

Saúde e Educação recebem mais investimento

As secretarias municipais que mais exigiram investimentos em Telêmaco Borba nos dois primeiros quadrimestres, de janeiro a agosto de 2022, foram por ordem:a Saúde com R$ 57,49 milhões (24,04%); Educação R$ 48,04 milhões (20,09%); e Obras e Serviços Públicos com R$ 35,14 milhões (14,70%). Somente essas três áreas somaram R$ 140,67 milhões, o que corresponde a 58,83% de toda a despesa empenhada. Entre os outros setores que demandaram um maior investimento por parte do poder público, estão: a Secretaria Municipal de Finanças, com aporte de R$ 18,2 milhões; e a Secretaria de Administração, com cerca de R$ 17,7 milhões.

Com informações da Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE