PUBLICIDADE

Carambeí garante pagamento do novo piso salarial da enfermagem

Ao todo, 47 técnicas de enfermagem foram beneficiadas com o incremento

Elisangela ainda afirma que a adesão ao novo piso salarial reforça o trabalho da atual administração
Elisangela ainda afirma que a adesão ao novo piso salarial reforça o trabalho da atual administração -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A prefeita Elisangela Pedroso anunciou, nesta quinta-feira (1º), que a remuneração referente ao mês de agosto atende ao novo piso salarial para a classe da enfermagem no Município. Ao todo, 47 técnicas de enfermagem foram beneficiadas com o incremento em suas folhas de pagamentos. 

O benefício foi sancionado no mês de agosto deste ano. “Carambeí é um dos primeiros Municípios a cumprir o novo valor que representa um acréscimo salarial importante. Isso é valorização de quem está na linha de frente no atendimento a nossa população”, ressaltou a chefe do Executivo ao avaliar a importância da medida, que garante suporte à classe. 

Elisangela ainda afirma que a adesão ao novo piso salarial reforça o trabalho da atual administração, no que diz respeito à boa gestão dos recursos públicos. “Nós cumprimos os pisos salariais, não apenas na Saúde, mas das demais classes, porque as finanças de Carambeí estão dia e bem administradas”, destacou a prefeita. 

A secretária municipal de Saúde, Simone Andrusko, que é técnica e possui formação na área de enfermagem, salienta a importância de valorizar os profissionais. “É merecido. Boa remuneração é o mínimo que possamos oferecer aos nossos valorosos profissionais. Eles sempre tiveram papel importante no atendimento de Saúde da população, e muito mais num cenário pandêmico como passamos nos últimos anos. Ao ver a classe sendo valorizada, me sinto honrada em compor um governo que é sensível aos seus profissionais que tem como missão salvar vidas”, disse.

Aumento para a categoria

A Lei 14.434/2022, que criou o piso salarial nacional do enfermeiro, do técnico de enfermagem, do auxiliar de enfermagem e da parteira, foi sancionada pela Presidência da República no dia 5 de agosto. A normativa foi publicada no Diário Oficial da União. A partir da nova legislação, enfermeiros devem receber pelo menos R$ 4.750 por mês. Técnicos de enfermagem devem receber no mínimo 75% disso (R$ 3.325). Já auxiliares de enfermagem e parteiras têm de receber pelo menos 50% desse valor (R$ 2.375).

O presidente Jair Bolsonaro, no entanto, vetou a correção anual do piso, que seria feita pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). A correção estava prevista no projeto aprovado pelo Congresso. Integrantes da oposição, como o senador Fabiano Contarato (PT-ES), autor da proposta original, e a senadora Zenaide Maia (Pros-RN), que foi relatora da matéria, já anunciaram que vão se mobilizar pela derrubada do veto.

Município amplia atendimento em pediatria

A prefeitura de Carambeí anunciou, em junho deste ano, duas novidades para otimizar e fortalecer o atendimento da população. OCentro Municipal de Saúde passou a contar com serviços de pediatria. As consultas são realizadas duas vezes por semana, com a meta de atender até 25 crianças por dia. “Ouvimos a demanda da população e enxergamos a necessidade de ter mais um profissional especialista para cuidar das nossas crianças”, afirmou a secretária de Saúde, Simone Andrusko. As consultas podem ser marcadas no próprio Centro Municipal ou nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). O pediatra atende apenas os atendimentos eletivos.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE