PUBLICIDADE

Piraí do Sul tem noite de terror com tiros e chacina

Tragédia na Vila Dalcol foi no início da manhã de quarta-feira (13); Allehandro Martins, de 18 anos, matou quatro pessoas – incluindo a própria mãe – e depois tirou a própria vida

Chacina aconteceu na madrugada desta quarta-feira (13), na Vila Dalcol
Chacina aconteceu na madrugada desta quarta-feira (13), na Vila Dalcol -

Sebastião Neto

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Tragédia na Vila Dalcol foi no início da manhã de quarta-feira (13); Allehandro Martins, de 18 anos, matou quatro pessoas – incluindo a própria mãe – e depois tirou a própria vida

A quarta-feira (13), foi de terror para os moradores da Vila Dalcol, um bairro da periferia de Piraí do Sul. O dia amanheceu de forma trágica para a comunidade, que viu um de seus moradores, o jovem Allehandro de Assis Martins, de 18 anos, matar quatro pessoas - entre elas a própria mãe - e balear uma gestante de apenas 17 anos; depois da chacina, Allehandro tirou a própria vida e aumentou o saldo da tragédia para cinco mortes.

De acordo com testemunhas e informações obtidas no local da chacina, o atirador, a partir das 5 horas da manhã, passou armado de um revólver calibre 38 por duas residências, um bar, e terminou a série de execuções na residência da própria mãe, onde tirou a vida dela. Quando observou a chegada da Polícia Militar, Allehandro também atirou contra si mesmo. “Quando os policiais o encontraram, ele ainda estava com vida, mas acabou entrando em óbito logo na sequência” conta o tenente Mulleta, em entrevista ao Portal aRede.

No fim da manhã, as autoridades policiais confirmaram a identificação de todas as vítimas da chacina: além do autor, os óbitos foram da mãe Suzemara de Assis Martins, de 41 anos, além dos vizinhos Romualdo José Rodrigues, de 48 anos, Elisângela Alves de Oliveira, de 42 anos, e também Edson de Lima, de 24 anos. A gestante, que foi baleada no ombro e está no sétimo mês da gravidez, está internada no Hospital Universitário Regional.

Investigações

A Polícia Civil de Piraí do Sul já está atuando nas investigações da chacina na Vila Dalcol. Também em entrevista ao Portal aRede, o delegado Jairo Duarte Camargo destacou como foi o início das investigações no local do crime.

“Estamos com duas equipes trabalhando de forma conjunta: um trabalho de perícia, com o Instituto de Criminalística, e os nossos investigadores com a coleta de informações e a busca de eventuais testemunhas e familiares das vítimas e do atirador”, ressalta o delegado. Um dos primeiros desafios da investigação é entender a motivação dos crimes, já que as informações preliminares dão conta de que as vítimas, com exceção da mãe, não tinham ligação ou relação com o autor.

“Outra questão que estamos apurando é sobre a ordem cronológica dos fatos, precisamos aguardar as informações que virão das nossas equipes. É um trabalho minucioso”, destaca o delegado. De acordo com informações preliminares, o atirador teria ido aos locais das execuções e depois retornado para a casa da mãe, onde atirou contra ela e depois contra a própria a vida.

Gestante

No início da tarde, o Hospital Universitário Regional atualizou o estado de saúde da gestante baleada por Allehandro; ela está estável e, até o fechamento desta edição, não seria necessária a realização de uma cesária emergencial para o nascimento do bebê, o que chegou a ser cogitado por conta dos ferimentos sofridos pela mãe.

Leia mais sobre o assunto:

https://d.arede.info/campos-gerais/429948/vitimas-da-chacina-em-pirai-do-sul-sao-identificadas

https://d.arede.info/campos-gerais/429947/delegado-investiga-motivacao-da-chacina-de-pirai

https://d.arede.info/campos-gerais/429939/chacina-com-cinco-mortos-choca-pirai-do-sul

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE