PUBLICIDADE

Dia da Árvore estimula ações ambientais em Guamiranga

Despertando a consciência ambiental e atuando como protagonistas, alunos da turma multisseriada da Escola do Campo de Barreiro tiveram diversas atividades sobre o tema

Alunos atuaram na prática ao realizar um plantio de árvore
Alunos atuaram na prática ao realizar um plantio de árvore -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Os alunos da turma multisseriada dos 3º, 4º e 5º anos da Escola Municipal do Campo de Barreiro, em Guamiranga, sob coordenação da professora Cheila Aparecida Eurich, buscam realizar diversas ações ambientais pelo Dia da Árvore, comemorado em 21 de setembro. Segundo a docente, a data que sempre é lembrada em todas as instituições de ensino do país, foi tema de trabalho na escola do interior do município.

“O objetivo principal desse tema é despertar nas crianças a consciência ambiental para que tenham atitudes de preservação e respeito com o meio ambiente, além de conhecerem a importância das árvores nos diversos locais, seja no campo ou cidade, para que possam valorizá-las e preservá-las”, aponta a educadora.

GALERIA DE FOTOS

  • Dia da Árvore estimula ações ambientais em Guamiranga
  • Dia da Árvore estimula ações ambientais em Guamiranga
  

Assim, Cheila cita que é muito importante o estímulo e consciências das crianças, que são disseminadoras do conhecimento adquirido, passando seus aprendizados para amigos, vizinhos e familiares. Neste ínterim, são desenvolvidas atividades de forma interdisciplinar referente ao conteúdo.

“Iniciamos através de uma roda de conversa. Em seguida, apresentado e lido o livro ‘O Menino e a Árvore’, de S. Silvertein, na lousa digital, na qual exploramos as ideias principais através de questionamentos orais e escritos, realização de produção de texto sobre a importância das árvores, passeio ecológico de observação, plantio de mudas de árvores, exploração de partes das plantas – frutos, folhas, galhos –, elaboração de panfleto e cartazes sobre a importâncias da árvores e preservação, bem como atividades de pintura, recorte e colagem”, complementa a professora.

Por fim, a docente cita que avaliação será realizada por meio de participação, envolvimento, criatividade de forma individual e coletiva durante todo o processo. “O dia 21 de setembro deve ser visto como um dia de reflexão sobre nossas atitudes em relação a essa importante riqueza natural. Esse dia é muito mais do que o ato simbólico de plantar uma árvore e deve ser encarado como um momento de mudança de postura e conscientização de que nossos atos afetam as gerações futuras”, conclui a educadora.

Acesse o blog escolar da Escola do Campo de Barreiro clicando aqui

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE