PUBLICIDADE

'Visita empreendedora' engaja turmas de Teixeira Soares

Quarto ano A e quintos anos A e B da Escola Padre Ladislau Maibuk puderam estudar conceitos voltados à área da gastronomia e realizar passeio com foco no mel

Passeio ajudou crianças a entenderem mais sobre os temas
Passeio ajudou crianças a entenderem mais sobre os temas -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Quarto ano A e quintos anos A e B da Escola Padre Ladislau Maibuk puderam estudar conceitos voltados à área da gastronomia e realizar passeio com foco no mel

Uma ‘visita empreendedora’ foi marcante para os alunos do 4º ano A, 5º ano A e 5º ano B da Escola Municipal Padre Ladislau Maibuk em Teixeira Soares. Sob coordenação das professoras Cioni Fiancoski Modrow e Veridiana do Nascimento Ferraz (esta última que relatou o trabalho), o tema vai de encontro com o projeto que vem sendo desenvolvido, Jovens Empreendedores Primeiros Passos: Sabores e Cores, voltada à área da gastronomia.

“Estes projetos buscam desenvolver nos alunos, através de práticas de aprendizagem, a autonomia para gerenciar a vida pessoal, profissional e social. Incentivando a busca pelo autoconhecimento, aprendizagens e coletividade. Foi apresentado o material do projeto Jovens Empreendedores, realizada leituras de textos sobre a alimentação, que será o tema central dos trabalhos, e elaboraram questionamentos sobre a preferência de alimentos e sua importância”, aponta a docente.

Conforme explica Veridiana, foi apresentada uma proposta de negócio de espaços gastronômicos, o que estimulou os alunos a conhecerem mais sobre esta área e suas oportunidades de mercado. Também puderam produzir trabalhos de comportamento empreendedor em sala de aula, além de uma visita à Associação de Apicultores e Meliponicultores de Fernandes Pinheiro, a Amigos D’Abelha.

“Neste local os alunos foram recepcionados pelo presidente da Associação, o senhor Ivalmor Pedro Caragnato, que acompanhou a visita pela propriedade, explicou o funcionamento da associação, mostrou as caixas de abelha sem ferrão, relatou sobre a comercialização e produtos derivados do mel. Após as explanações, os alunos puderam observar a casa da associação onde o mel será beneficiado. Os alunos fizeram questionamentos e tiraram suas dúvidas”, complementa a professor.

Por fim, a educadora cita a participação na vista da coordenadora pedagógica Marines Sander Mendes, além da professora do 4º ano B Silvia Maria Pavelski – turma esta que vem desenvolvendo o projeto Campinho Feliz. “Ao retornar para a escola, as professoras e alunos desenvolveram atividades sobre a visita, através de produções textuais e desenhos, repassando para os pais os conhecimentos adquiridos”, conclui a educadora.

Acesse o blog escolar da Escola Padre Ladislau Maibuk clicando aqui

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE