PUBLICIDADE

PG gera mais de 4 mil vagas de emprego em dez meses

Somente em outubro, 659 postos de trabalho foram criados na cidade, o segundo melhor resultado do ano. Nos últimos três meses, o saldo foi positivo em mais de 2,1 mil vagas

Cidade é a sexta que mais gerou vagas de emprego no Estado do Paraná no acumulado de 2022
Cidade é a sexta que mais gerou vagas de emprego no Estado do Paraná no acumulado de 2022 -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Pelo sétimo mês seguido, Ponta Grossa registrou saldo positivo na geração de emprego. Somente em outubro, 659 postos de trabalho com carteira assinada foram criados, frutos das 4.579 admissões e 3.920 desligamentos no decorrer dos 31 dias. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados nesta terça-feira (29) pelo Ministério do Trabalho e Previdência. Foi o segundo mês mais positivo do ano, atrás apenas das 817 vagas criadas em agosto. Somado o saldo dos últimos três meses, foram 2.119 novos postos de trabalho criados em apenas um trimestre. 

O resultado foi o quinto melhor do Estado do Paraná, atrás apenas de Toledo (674), São José dos Pinhais (823), Londrina (1.110) e Curitiba (2.609). Entre os cinco setores da economia, todos eles tiveram saldo positivo no mês, com destaque para o ramo de serviços, com 373 novas vagas criadas. Logo depois apareceram o comércio, com saldo positivo em 129; a indústria, com 93; e a construção civil, com 38 vagas criadas. A agropecuária, por fim, teve um saldo positivo de 26. Dentro do setor de serviços, que é o mais positivo, o subsegmento que mais criou postos de trabalho foi o de ‘atividades de teleatendimento’, com saldo positivo de 149, e de ‘serviços combinados para apoio a edifícios – exceto condomínios prediais’, com 92 de saldo.

ACUMULADO

No decorrer do ano, em apenas um mês foram registradas mais demissões do que admissões, em março, quando foram fechadas 156 vagas de emprego. Com isso, no acumulado de 2022, a cidade contabiliza um saldo positivo de 4.029, resultado das 45.742 admissões e 41.713 demissões. Em âmbito estadual, é o sexto melhor resultado, atrás apenas de Cascavel (5.181), Maringá (5.846), São José dos Pinhais (6.951), Londrina (7.688) e Curitiba (38.584). O setor mais positivo no acumulado do ano é o de serviços, que abriu 3.119 novas vagas no ano, seguida pela indústria, com 951; pelo comércio, com 785; e agropecuária, com 121. Somados, esses quatro setores quase alcançaram 5 mil vagas criadas. O único ramo negativo é a construção civil, com -947.

Já no acumulado dos últimos 12 meses, ou seja, desde 1º de novembro de 2021, Ponta Grossa tem um saldo positivo de 2.165, decorrente das 53,3 mil admissões e 51,1 mil demissões. 

Paraná é terceiro estado que mais gerou vagas no país

O Paraná teve saldo positivo de 10.525 empregos em outubro, o terceiro estado que mais gerou empregos no mês. Com o resultado, já soma 147.955 empregos gerados em 2022, se consolidando como o maior empregador da região Sul. O resultado de outubro supera a soma da região Norte (7.266) e Centro-Oeste (8.409), e três estados com populações maiores que o Paraná: Minas Gerais (8.463), Rio de Janeiro (8.677) e Bahia (6.702). No acumulado do ano, foram 1.497.659 contratações contra 1.349.704 demissões. No acumulado do ano, o Paraná fica atrás apenas dos estados mais populosos do Sudeste: São Paulo (657.617), Minas Gerais (219.746) e Rio de Janeiro (177.202). Em âmbito nacional, o Brasil criou 159.454 postos de trabalho em outubro, e no acumulado do ano, o saldo é de 2.320.252

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE