PUBLICIDADE

Turista morre ao despencar de rochedo na cachoeira do São Jorge

Fábio Mitsuo Ito estava internado no Hospital Universitário. O corpo seguiu para o Instituto Médico Legal

Acidente aconteceu na sexta-feira (23), da semana passada
Acidente aconteceu na sexta-feira (23), da semana passada -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O turista de São Paulo que sofreu queda de um rochedo na tarde de sexta-feira (23), na Cachoeira do São Jorge, não resistiu às lesões e morreu. Fábio Mitsuo Ito, 40, estava internado no Hospital Universitário. O corpo seguiu para o Instituto Médico Legal no início da noite de quarta-feira (28).

Fábio chegou a Ponta Grossa na semana passada para conhecer os pontos turísticos da cidade. Na sexta, ele foi ao São Jorge para realizar atividades de rapel. As circunstâncias da queda estão sendo apuradas. O acidente aconteceu no final da tarde. Bombeiros e socorristas foram acionados para fazer o resgate.

Fábio sofreu ferimentos graves, principalmente na cabeça. Além dele, a instrutora Cristiane Mayer Cavali, 48, que o acompanhava também se machucou e continua internada na Unidade de Terapia Intensiva do HU-UEPG. O rapaz, ao despencar, a atingiu no solo.

Nota de esclarecimento

A Cavali Pró Eventos e a Destinos Justus vem a público esclarecer sobre o ocorrido na tarde de sexta-feira, 23/09, na Cachoeira do Rio São Jorge, onde durante uma atividade de rapel aconteceu uma queda deixando duas pessoas feridas.

Durante a execução da técnica a pessoa de Fabio Mitsuo Ito, 40 anos, turista, morador de São Paulo, sofreu uma queda, vindo ao solo atingindo a pessoa de Cristiane Mayer Cavali, 48 anos, a qual realizava a segurança.

Ambos foram atendidos de imediato, por socorristas do Corpo de Bombeiros e SAMU, que foram acionados pela empresa Cavali Pró Eventos, e conduzidos ao Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais.

Devido às lesões, Fabio evoluiu a óbito na noite de terça-feira, 27/09. Por se tratar de doador de órgãos o corpo só foi liberado nesta manhã, 29/09, após os tramites legais.

A Cavali Pró Eventos e a Destinos Justus lamentam o ocorrido e, esclarecem neste momento que prestaram e continuam prestando toda a assistência devida aos familiares de Fabio.

A segunda vítima, Cristiane, segue hospitalizada apresentando quadro estável.

As empresas ainda agradecem aos órgãos socorristas de Ponta Grossa pelo atendimento prestado, onde não mediram esforços para socorrer as vítimas.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE