PUBLICIDADE

Motoristas embriagados causam dois acidentes em Ponta Grossa

Indivíduos foram encaminhados à delegacia do Município; em uma das ocorrências, uma pessoa precisou ser direcionada à unidade hospitalar

Situações foram registradas pela PM na última sexta-feira (23) e madrugada deste sábado (24)
Situações foram registradas pela PM na última sexta-feira (23) e madrugada deste sábado (24) -

Rodolpho Bowens

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Polícia Militar (PM) de Ponta Grossa prendeu duas pessoas por estarem dirigindo sob influência de álcool. Em razão disso, acidentes foram registrados na última sexta-feira (23) e na madrugada deste sábado (24). Os condutores foram encaminhados à 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa (13ª S.D.P.) para responderem pelos seus atos. Nesta semana, de 18 a 25 de setembro, acontece a ‘Semana Nacional do Trânsito’, onde ocorrem diversas atividades para conscientizar os motoristas sobre a responsabilidade que devem ter ao conduzir seus veículos.

Segundo o relatório encaminhado pelo 1º Batalhão de Polícia Militar de Ponta Grossa (1º B.P.M.), a primeira situação foi registrada às 20h10, da última sexta-feira (23), na Rua Coronel Generoso Martins de Araújo, na região da Nova Rússia. De acordo com as informações, Equipe do Policiamento de Trânsito deu atendimento a um acidente que resultou em somente danos aos veículos. No local, foi constatado que um dos condutores apresentava sinais de embriaguez. Ao ser submetido ao bafômetro, o resultado foi de 0,72 mg/l para consumo de álcool. Dessa forma, o indivíduo foi encaminhado à delegacia.

Já a segunda ocorrência foi registrada à 0h20, na Avenida Antônio Saad, na região do Santa Mônica. Nesse caso, o acidente teve danos a uma vítima, que foi encaminha à unidade hospitalar de Ponta Grossa. Como um dos condutores apresentava sinais de embriaguez, ele foi submetido ao teste do bafômetro. Entretanto, ao recusar a solicitação, foi lavrado termo de constatação e dado voz de prisão ao condutor, que foi encaminhado à 13ª S.D.P.

A lei permite que o motorista recuse fazer o teste, porém, a ação de negar gera uma multa de R$ 2.934,70, além da pessoa responder a processo por suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE