PG assina convênio de R$ 100 mi com a Caixa para asfalto

Cerimônia de assinatura dos contratos acontece na segunda-feira (20)

Investimentos fazem parte da projeção da prefeitura de pavimentar 100% da área urbana da cidade até 2024.
Investimentos fazem parte da projeção da prefeitura de pavimentar 100% da área urbana da cidade até 2024. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Cerimônia de assinatura dos contratos acontece na segunda-feira (20)

A Prefeitura de Ponta Grossa realiza nesta segunda-feira (20), em parceria com a Caixa Econômica Federal, a cerimônia de assinatura dos contratos do programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), da ordem de R$ 100 milhões destinados à execução de obras de pavimentação no município. O evento acontece às 16h30 no Conservatório Maestro Paulino.

Além da pavimentação, a verba também será utilizada para a limpeza e canalização de córregos. Desse montante, R$ 95 milhões serão para asfaltar as ruas de Ponta Grossa, enquanto R$ 5 milhões para a limpeza dos córregos. O valor da operação de crédito tem uma carência de 12 meses, prazo de pagamento em 96 meses e com taxa de juros máximo de 109% do CDI. O Finisa é mantido pelo Governo Federal e o Município poderá realizar a operação por conta da última análise da Capacidade de Pagamento (CAPAG) da cidade, que obteve nota A.

As obras fazem parte da projeção da prefeitura de pavimentar 100% da área urbana da cidade até 2024, final da atual gestão. No final de maio, a prefeita Elizabeth Schmidt e o governador Ratinho Júnior anunciaram um pacote de obras de R$ 92 milhões para pavimentação de nas localidades Parque dos Sabiás, Vila Moisés Lerner, Santo Antônio, Ronda, Jardim Carvalho, Neves, Uvaranas e Distrito Industrial. 

Na ocasião, o Governador do Estado valorizou os investimentos destacando a importância das obras para a cidade. "É o maior pacote de investimentos da história de Ponta Grossa, um compromisso que eu tinha com a cidade”, afirmou Ratinho na oportunidade. 

“Estamos unindo esforços em busca desse objetivo tão audacioso, que causará um impacto enorme na comunidade. O Estado entendeu o nosso propósito e tem sido um grande parceiro”, disse Elizabeth Schmidt na ocasião. “É emblemático começar por bairros que pareciam não integrar o mapa da cidade, em que o asfalto chegava até uma altura e depois não avançava. O projeto é para toda Ponta Grossa”, concluiu a prefeita.

Com informações da Assessoria de Imprensa