PG negocia novos destinos de voos com companhias aéreas

Prefeita confirmou conversações com empresas do setor aéreo, pleiteando novos destinos para a cidade, como São Paulo, Foz do Iguaçu, Porto Alegre e Maringá

Voos foram retomados pela Azul em dezembro de 2021
Voos foram retomados pela Azul em dezembro de 2021 -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Prefeita confirmou conversações com empresas do setor aéreo, pleiteando novos destinos para a cidade, como São Paulo, Foz do Iguaçu, Porto Alegre e Maringá

O município de Ponta Grossa segue em negociação com empresas aéreas para ter mais destinos a partir do aeroporto Comandante Antonio Amilton Beraldo, o ‘Sant’Ana’. A cidade, que já teve três destinos diferentes de voos em 2020 e 2021 (Campinas, São Paulo e Foz do Iguaçu, sendo essas duas últimas pela Voepass), hoje tem apenas Campinas em sua lista. Mas as negociações estão em curso para buscar novos destinos, como confirmou a prefeita Elizabeth Schmidt ao Portal aRede e Jornal da Manhã. Além da própria capital paulista (Congonhas) e Foz do Iguaçu, Ponta Grossa também busca voos para Porto Alegre, como apontou uma pesquisa de demanda feita pelo município, e ainda há outra possibilidade, como revelou a prefeita: Maringá.

“Estamos trabalhando, há algum tempo, em negociações com várias companhias, para que Ponta Grossa estenda seus voos para Foz do Iguaçu, Congonhas, e até para Porto Alegre, através de uma conexão vindo de Maringá, passando por Ponta Grossa e indo para Porto Alegre”, informou Elizabeth Schmidt. Uma dessas empresas com quem o município negocia é a Azul, que realiza os voos diários para Campinas. “Estamos sem datas [para as possíveis confirmações de novos voos] porque a Azul está refazendo as suas malhas. Mas estamos trabalhando e correndo atrás dessas questões para que nossa população possa ter esses serviços o mais rápido possível”, completou a prefeita.

Victor Hugo de Oliveira, superintendente aeroportuário, reforça que as negociações são mais próximas com a Azul pelo fato de que a empresa opera na cidade desde 2016, e que os voos diários que hoje ela opera na cidade, para o aeroporto de Viracopos, têm alta ocupação na aeronave, com média de passageiros acima de 80% da capacidade do ATR-72, que faz a rota (72 lugares). Segundo ele, em relação à movimentação de passageiros, uma coisa que chama a atenção é o alto percentual de pessoas que utilizam o aeroporto por motivos de turismo. “A maioria das pessoas que passam pelo aeroporto é a negócios, que viajam por trabalho. Mas é impressionante como estamos recebendo pessoas para o turismo. E não é por sazonalidade de férias, como dezembro e janeiro, mas qualquer momento do ano. Devemos estar com uma média de 70% dos passageiros a negócios e 30% a turismo”, reforçou.

Outra novidade recente é o embarque dos atletas do Operário Ferroviário pelo aeroporto da cidade. Victor Hugo destaca, com muito orgulho, que essa era uma meta dele, da prefeita Elizabeth Schmidt, e do secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, José Loureiro (responsável pela pasta à qual pertence os assuntos relacionados ao aeroporto. “Sempre perguntavam ‘por que o Operário não embarca por aqui?’. E conseguimos, na semana passada, para o jogo contra o Guarani, em Campinas, fazer pela primeira vez na história, o Operário embarcar para um jogo de Brasileiro pelo aeroporto da cidade. Foi uma conquista muito grande. E nesta terça embarcaram por aqui, para Campinas, e foram até Goiânia, e na semana que vem, está programado irem para o Rio, para jogar contra o Vasco, saindo daqui”, conclui.

Programa incentiva voos no Estado

Os voos em Ponta Grossa integram o Programa Voe Paraná, uma política de estímulo do Governo do Estado aos voos regionais e de investimentos para as prefeituras modernizarem os aeroportos locais. Com esse programa, o número de aeroportos com operações regulares passou de seis, em 2018, para 20 em janeiro deste ano. O Paraná também recebe voos de várias capitais brasileiros e da Argentina. “É o maior programa de aviação regional do País, conectando cidades de médio porte a qualquer canto do mundo. As companhias são parcerias dessa ideia e um feriado prolongado é uma boa chance de conhecer lugares novos de uma maneira simplificada", afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior. Na região dos Campos Gerais, o município de Telêmaco Borba também é contemplado pelo programa, com voos para a capital paranaense, com a aeronave Cessna Gran Caravan, utilizada pela Azul Conecta, com capacidade para nove passageiros.