PUBLICIDADE

Projeto regulamenta corte de luz e água em PG

No ato do corte do serviço, Copel e Sanepar devem oferecer ao consumidor opção de pagamento das contas em atraso.

Projeto regulamenta corte de luz e água em PG
Projeto regulamenta corte de luz e água em PG -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

No ato do corte do serviço, Copel e Sanepar devem oferecer ao consumidor opção de pagamento das contas em atraso.  

Foi aprovado um projeto na câmara de Vereadores de Ponta Grossa, que obriga que empresas que fornecem luz e água (Sanepar e Copel) a oferecerem ao consumidor, opção de pagamento de contas em atraso, no ato do corte do serviço.

O projeto de Lei 63/2022 é de autoria do Vereador Leandro Bianco. O projeto prevê que a opção de pagamento oferecida seja por cartão de débito, crédito, PIX ou dinheiro. A possibilidade de pagamento do débito deverá ser ofertada no mesmo dia e em momento anterior à suspensão do serviço.

Com o pagamento realizado, a suspensão do fornecimento do serviço não poderá ser realizada. O projeto foi aprovado por unanimidade e segue para sanção da Prefeita Elizabeth. "Será um direito do consumidor exigir essa possibilidade de pagamento para evitar o corte do serviço e, assim, contratempos e demora de religamento", pondera Bianco. "O agente da concessionária deverá estar munido com a maquininha de cartão ou não poderá realizar a suspensão".

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE