Morte em confronto aconteceu durante a Operação Parador

Willian Ferreira da Silva, de 29 anos, foi morto durante o confronto no Condomínio Real, em Ponta Grossa. Ele estava armado com uma pistola e estaria envolvido na tentativa de assalto a empresa de transporte de valores em Guarapuava.

Caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (02).
Caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (02). -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Willian Ferreira da Silva, de 29 anos, foi morto durante o confronto no Condomínio Real, em Ponta Grossa. Ele estava armado com uma pistola e estaria envolvido na tentativa de assalto a empresa de transporte de valores em Guarapuava.

Na manhã desta segunda-feira (02), o 1º Batalhão de Polícia Militar em apoio ao 4º Comando Regional de Polícia Militar, deflagrou denominada Operação Parador 27, na qual foram cumpridos mandados de buscas e apreensões expedidos pelo poder judiciário.

Durante o deslocamento para os cumprimentos dos mandados de busca e apreensão, as equipes depararam com um elemento suspeito da participação nos acontecimentos no município de Guarapuava e, na tentativa de o abordar houve a reação, vindo o elemento a sacar uma arma de fogo do tipo pistola de calibre 765mm, efetuando disparos em direção aos militares, havendo então um confronto, no qual o cidadão foi alvejado.

Foi acionado o socorro médico, porém o indivíduo não resistiu e veio a óbito. Conforme ações de inteligência da PMPR, o sujeito era partícipe da ação criminosa ocorrida em Guarapuava em 17 de abril.

Na residência alvo da abordagem, foram localizadas certa quantidade de substâncias entorpecentes, balança de precisão e certa quantidade de dinheiro. Os objetos foram encaminhados à 13ª SDP, juntamente com dois suspeitos que também encontravam-se na residência.

Em continuidade às diligências, as equipes policiais localizaram uma chácara no Distrito de Guaragi, onde foram encontradas diversas armas de fogo relacionadas ao suspeito que confrontou com os policiais na situação anterior. No local foram abordas três pessoas do sexo masculino, sendo que um dos indivíduos portava algumas munições e possuía em seu desfavor um mandado de prisão. Nesta chácara foram encontradas ainda, grande quantidade de munições, certa quantidade de substâncias entorpecentes, rádios comunicadores, toucas "balaclavas".

Diante do exposto, as armas, as drogas e objetos foram apreendidos e encaminhados até a delegacia local, bem como os suspeitos que encontravam-se na propriedade.

Da Comunicação Social do 1º BPM.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right