Programa 'Remédio em Casa' chega a Ponta Grossa

Esta é a quinta Regional beneficiada pelo 'Remédios em Casa', que tem o objetivo de facilitar o acesso aos medicamentos de uso contínuo, reduzindo o deslocamento à farmácia da rede do Estado

Programa 'Remédio em Casa' expande cobertura e chega à Regional de Ponta Grossa
Programa 'Remédio em Casa' expande cobertura e chega à Regional de Ponta Grossa -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Esta é a quinta Regional beneficiada pelo 'Remédios em Casa', que tem o objetivo de facilitar o acesso aos medicamentos de uso contínuo, reduzindo o deslocamento à farmácia

A partir deste mês, o serviço de entrega de medicamentos para pacientes será ampliado para os residentes no município de Ponto Grossa, sede da 3ª Regional de Saúde. O programa 'Remédio em Casa', da Secretaria de Estado da Saúde, tem se mostrado fundamental para o atendimento humanizado dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Esta é a quinta Regional beneficiada pelo “Remédios em Casa”, que tem o objetivo de facilitar o acesso aos medicamentos de uso contínuo, reduzindo o deslocamento à farmácia da rede do Estado.

Fazem parte das entregas 49 itens, exceto medicamentos sob controle especial e aqueles mantidos refrigerados. Atualmente, o programa está implantado na 2ª RS (Metropolitana), 10ª RS (Cascavel), 15ª RS (Maringá) e 17ª RS (Londrina), atendendo 13.184 usuários cadastrados.

“Os números mostram como o nosso programa tem se consolidado e cada vez mais chega aos usuários do SUS. Aproximar as pessoas aos serviços de Saúde é uma das principais metas do Governo. Estamos levando a assistência e os serviços especializados para perto da casa do cidadão”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A meta da Assistência Farmacêutica (AF) é implantar o serviço em oito farmácias de Regionais de Saúde até 2023. A estratégia ganhou velocidade com a pandemia da Covid-19, pois permite que muitos pacientes que fazem parte do grupo de risco não precisem se deslocar até as farmácias para buscar seus medicamentos.

“A ampliação é um compromisso da Secretaria da Saúde com a população, foi assumido no Plano Estadual de Saúde, que rege as ações da Secretaria durante o quadriênio 2019-2023”, complementou o secretário.

“Esse é mais um serviço que visa facilitar o acesso dos usuários aos medicamentos de uso contínuo do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF) e do Elenco Complementar da Secretaria da Saúde, que é bem diversificado”, explicou a coordenadora da Assistência Farmacêutica do Paraná, Deise Pontarolli.

ENTREGA – A entrega dos medicamentos é realizada pelos Correios, com quem a Sesa tem um contrato para essa prestação de serviço e será por meio do serviço de Sedex (encomenda expressa), pelo carteiro, no endereço do paciente indicado pela Farmácia/Regional Ponta Grossa.

FARMÁCIAS – As farmácias do Estado atendem mais de 260 mil usuários cadastrados para o recebimento de 280 itens (medicamentos e insumos) do componente especializado da assistência farmacêutica e do elenco complementar. A rede estadual tem 23 farmácias localizadas nas 22 Regionais de Saúde.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right