Prefeitura realizará auditoria na Viação Campos Gerais

Ministério Público recomendou que o Poder Executivo faça uma auditoria nas contas da concessionária.

Poder Executivo acata recomendação do Ministério Público do Paraná.
Poder Executivo acata recomendação do Ministério Público do Paraná. -

Rodolpho Bowens

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Ministério Público recomendou que o Poder Executivo faça uma auditoria nas contas da concessionária

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) solicitará uma auditoria na Viação Campos Gerais (VCG). A informação vem junto do anúncio da nova tarifa do transporte público coletivo, que será de R$ 5,50 a partir de 26 de novembro – outros detalhes aqui. A auditoria foi sugerida pelo Ministério Público do Estado do Paraná (MP/PR), após o vereador da cidade, Geraldo Stocco Filho (PSB), ter acionado o órgão – mais informações clique aqui.

De acordo com o comunicado do Poder Executivo, “atendendo a uma recomendação do Ministério Público e também do Conselho Municipal de Transporte (CMT), assim como uma indicação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG), a Prefeitura irá também contratar uma auditoria externa do contrato” com a concessionária responsável pelo serviço público.

O Grupo aRede entrou em contato com a assessoria da VCG, para saber o posicionamento da empresa sobre a auditoria. Segundo ela, "vemos com bons olhos essa iniciativa porque constatarão aquilo que reiteradamente temos divulgado quando falamos do enorme desequilíbrio contratual", explica.