Prefeitura inicia Plano Diretor de Tecnologia da Informação

Levantamento efetuado pelas áreas de atuação da gestão municipal visa utilizar de ferramentas digitais para a resolução de demandas da cidade

Evento foi realizado na manhã desta sexta-feira (19), no Conservatório de Música Maestro Paulino
Evento foi realizado na manhã desta sexta-feira (19), no Conservatório de Música Maestro Paulino -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Levantamento efetuado pelas áreas de atuação da gestão municipal visa utilizar de ferramentas digitais para a resolução de demandas da cidade

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (SMARH) deu início, nesta semana, ao Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação (PDTIC). Na manhã desta sexta-feira (19), no Conservatório de Música Maestro Paulino, secretários municipais e diretores participaram de uma reunião de apresentação do modelo de trabalho que vai realizar um diagnóstico de como a Tecnologia da Informação irá auxiliar em encontrar soluções para os problemas da cidade e no cumprimento do Plano de Governo e o Plano de Metas do Município.

Representando a prefeita Elizabeth Schmidt, o vice-prefeito Capitão Saulo comenta que para ter uma cidade inteligente, é necessário que a Prefeitura seja inteligente. Ele salienta que para que isso aconteça no âmbito da gestão pública municipal, é necessária a participação das secretarias no levantamento de demandas e possibilidade de resolução de problemas através das tecnologias. “Estes dados devem vir da expertise de cada um dos presentes, para que a empresa responsável pela confecção do PDTIC seja municiada de informações que vão compor o plano e que pautará o futuro, tornando através das ferramentas digitais, Ponta Grossa em uma cidade inteligente”, pontuou Saulo.

O secretário Mauricio Silva elucida que por mais que o Plano seja uma atribuição da SMARH, através do Departamento de Informática, todas as secretarias de maneira estratégica e tática terão que apresentar suas necessidades no âmbito da tecnologia da informação, para através das ferramentas digitais encontrarem soluções para as demandas da cidade. “Necessitamos desta sinergia agora, pois o foco do Plano abrange toda a Prefeitura, e incidirá diretamente no cumprimento dos Planos de Governo e de Metas em todas as áreas de atuação do Município”, disse Silva.

Para Tonia Mansani, presidente da Agência de Inovação e Desenvolvimento (AFEPON), a Prefeitura está trabalhando para que Ponta Grossa se torne uma cidade ainda mais inteligente. “A elaboração de um Plano Diretor de Tecnologia da Informação é um dos mais importantes passos para que possamos caminhar neste sentido, visto que através dele poderemos planejar para torná-la mais conectada. É preciso conhecer as necessidades, fazer inventário do que se tem, para que se planeje e trace ações de curto, médio e longo prazo. Este estudo é estratégico para que tenhamos uma cidade voltada para o cidadão”, avalia Tonia.

Samuel Moreira, diretor de TI da Prefeitura, ressalta que o PDTIC visa, após contar com este diagnóstico, orientar a Prefeitura no uso correto de seus recursos, levando-a focar nos processos de melhoria contínua de governança. “Uma instituição que tenha elaborado seu PDTI revela-se calçada nos princípios de racionalização, economicidade, uniformidade e padronização, criando as bases tecnológicas para a implantação com melhor eficiência e eficácia das políticas públicas”, finaliza Moreira.

A previsão é que a empresa licitada para a elaboração do PDTIC entregue o documento final com as demandas apontadas pelas secretarias municipais no mês de março de 2022.

As informações são da assessoria de imprensa

Conteúdo de marca

Quero divulgar right