PUBLICIDADE

Livro infantil sobre o poder da imaginação entra para o Pegaí

São 6 mil exemplares novos da obra ‘O menino que reinventou o mundo’ disponibilizados para leitura.

São 6 mil exemplares novos da obra ‘O menino que reinventou o mundo’ disponibilizados para leitura.
São 6 mil exemplares novos da obra ‘O menino que reinventou o mundo’ disponibilizados para leitura. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

São 6 mil exemplares novos da obra ‘O menino que reinventou o mundo’ disponibilizados para leitura

O Instituto Pegaí Leitura Grátis vira criança toda vez que oferece literatura infantil em suas estantes, porque acredita que a infância tem a capacidade de mudar o mundo através da fantasia. E foi pensando nisso que escolheu a obra ‘O menino que reinventou o mundo’ para uma tiragem especial de seis mil exemplares, que começaram a circular nesta semana em Ponta Grossa e outras 14 cidades paranaenses.

O livro apresenta ao público infantil a jornada de João, um menino esperto, criativo e que enxerga o mundo a sua maneira. A partir dessas características, ele desenvolve brinquedos lúdicos ao usar um material simples e sempre à disposição: a imaginação. E é então que uma meia se transforma em bola de futebol, a cortina em esconderijo, um cobertor grande em cabana.

Em sintonia com o ilustrador Felipe Tognoli, o autor Raul Marques mostra que ser criança é ter a capacidade de ser feliz com o pouco ou muito que a rodeia, devido à incrível forma de reinventar o mundo. “A proposta deste livro é incentivar a criança a brincar usando apenas a imaginação, deixando um pouco de lado as telas e os eletrônicos. Às vezes a gente pensa que a criança precisa de um brinquedo caro ou de muita estrutura pra se divertir, e não é verdade. A ideia é incentivar a criança a criar novos mundos”, conta o escritor. Segundo ele, o livro pode ser lido tanto pela criança como por adultos, em uma leitura compartilhada.

Reinventando o mundo

Dentro dessa onda de imaginação, é possível dizer que os integrantes do Pegaí têm tamanha empolgação que até pensam, às vezes, que estantes são árvores, voluntários viraram formigas, livros parecem passarinhos, parceiros são estradas floridas, leitores podem voar ou somos todos super-heróis morando dentro das histórias. “O trabalho do Instituto Pegaí é maravilhoso. É fundamental no mundo em que a gente vive que existam projetos que incentivem a leitura, que proporcionem informação e esses momentos lúdicos, especialmente para as crianças”, destaca Raul.

Os livros impressos serão disponibilizados nas 67 estantes (encontre uma estante e veja se ela está aberta ou fechada temporariamente no site www.pegai.info/estantes-pegai) e também para as três mil famílias atendidas pelo projeto Alimentando Mentes, um dos braços do Instituto Pegaí que acrescenta literatura aos kits de alimentos distribuídos por escolas, igrejas e instituições.

O ofício de contar histórias

Autor de mais de 500 reportagens, o jornalista e escritor Raul Marques gosta de contar a história de gente simples, especial e que faz a diferença no mundo. Desde 2016 se dedica exclusivamente aos livros, já tendo lançado 18 produções. ‘O menino que reinventou o mundo’ é uma delas e, em 2019, recebeu o Prêmio Nelson Seixas/Proac Municípios.

A obra teve seus direitos cedidos para essa tiragem especial pelo Grupo Editorial Letramento. A impressão tem o patrocínio das empresas Quiver, Belle Pane Panificadora & Confeitaria, Consaúde e Supermercado Pedroso, além das doações de papel do Grupo BO Paper (miolo) e Papirus (capa), e também dos cupons fiscais doados por pessoas físicas para a campanha ‘Transforme seu cupom sem CPF em Leitura’, pelo Programa Nota Paraná.

Com informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE