aRedeShopping aRedeNegócios Jornal da Manhã

Ponta Grossa

Fernando Rogala | Ponta Grossa | 02/06/2021 as 19:20h

PG poderá receber megaprojeto com aporte de R$ 120 mi

Urbanizadora projeta construção de uma ‘cidade inteligente’, com  área residencial, comercial e industrial 


Ponta Grossa pode receber um megaprojeto na região do bairro Cará-Cará e do Distrito Industrial: a construção de uma ‘Cidade Inteligente’. Com um investimento inicial de R$ 120 milhões em uma área de quatro milhões de metros quadrados, o empreendimento de âmbito comercial e residencial atende pelo nome de ‘Smart City’, e foi projetado por uma empresa urbanizadora de Maringá, a RR Padrão Empreendimentos Imobiliários. O conceito consiste na construção de uma cidade sustentável, de forma a ter tudo próximo, para evitar deslocamentos maiores: residências, instituições de ensino, pontos comerciais, empresas, indústrias de baixo impacto ambiental, hospital, entre outros. Assim, será possível estudar, trabalhar e viver próximo onde mora.

A construção será viável devido a um Projeto de Lei, votado na Câmara de Vereadores no final de 2020, e promulgado em março de 2021, publicado em Diário Oficial, que altera a Lei Municipal n° 6.329. O projeto promulgado (Lei nº 13.872) atende às exigências da construtora, que solicitou a alteração de zoneamento de algumas áreas onde o empreendimento foi projetado: áreas antes consideradas Zona Residencial 3 e 4 (ZR3 e ZR4) e Zona Industrial agora foram convertidas para Zona Comercial. A região foi escolhida, informou a empresa, após passar por critérios rígidos e exclusivos, por conter fatores positivos, estratégicos e logísticos para a implantação de um empreendimento do gênero.

A área total do empreendimento é de 4.042.679,22 m², sendo que a maior parte desta área será destinada para lotes residenciais, no total de 1,13 milhão de m², e mais 692 mil m² de área para lotes industriais. As áreas de mata se aproximam de 1 milhão de metros quadrados: 554,6 mil m² de área de preservação permanente; 53,8 mil m² de vegetação nativa e mais 383,4 mil m² de área verde. O sistema viário irá ocupar 797 milhões, e outros 211,8 mil m² serão destinados a equipamentos comunitários e urbanos. Somente a área residencial é subdividida em 1993 lotes diferentes.

De acordo com a empresa, a intenção é construir um bairro planejado com uma visão diferente de loteamento, pautado pela máxima mobilidade urbana, segurança pública, sustentabilidade em consonância com o meio ambiente, fortalecendo a economia local em áreas específicas para a instalação de centros comerciais, centros empresariais, agregando comodidade e lazer aos moradores, reduzindo os custos de transporte. Até porque, pela sua estruturação, haverá redução de concentração de veículos e densidade populacional na região central, aumentando a qualidade de vida. A empresa afirma já ter a confirmação da instalação de um hospital e em fase final para a confirmação de uma universidade. 

No quesito empresarial, haverá espaços para a implantação de galpões, armazéns digitais, parques tecnológicos, e indústrias de baixo impacto ambiental. Tudo em um projeto que contempla a separação de um centro comercial/empresarial, com ampla área de lazer; da parte ‘industrial’; de as áreas industriais, com essa divisão feita por cinturões verdes, com a preservação das margens do rio Cará-Cará. Dessa forma, segundo a empresa, será criada uma zona de amortecimento, diminuindo ao máximo os ruídos e as poluições entre a área industrial e demais áreas de convivência residenciais e comerciais.


Área total do projeto conta com mais de  4 milhões de m²

A área escolhida para sediar o empreendimento contempla inúmeras propriedades rurais. O espaço de mais de 4 milhões de metros quadrados está inserido às margens do Contorno Leste, com um dos acessos pela Avenida Pedro Wosgrau (e outro pela BR-376), fazendo divisa, no lado oposto, com a Fazenda Modelo da Embrapa, com um dos lados fazendo fronteira com o Distrito Industrial, e o outro com o loteamento Monte Hermon, em construção. O investimento, informa a empresa, seria custeado “pela participação de diversos grupos de investidores”. A sua construção tem previsão para cinco anos.


CDEPG não aconselhou emissão alvará

O projeto foi enviado para a Câmara com a assinatura do então prefeito Marcelo Rangel, onde informava, em uma mensagem (nº 094/2020), que a atualização do zoneamento para receber o empreendimento obteve parecer favorável do Conselho da Cidade, em reunião realizada em setembro de 2020. O projeto foi aprovado pelos vereadores, sem muito alarde, em novembro de 2020. Ainda em novembro, o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Ponta Grossa (CDEPG) votou sobre a emissão do alvará para a empresa, e a maior parte dos votos foram contrários: 14 contra e apenas um favorável, desaconselhando, portanto, a emissão do alvará por parte da prefeitura. Entre os assuntos debatidos na reunião foi a necessidade de haver uma zona de amortecimento em toda a área da zona industrial, e que não haveria sentido em invadir o Distrito Industrial com construções residenciais, sendo que a cidade possui inúmeros vazios urbanos para empreendimentos residenciais.

email sharing button
email sharing button
email sharing button
email sharing button

Siga o a rede no Google News


PUBLICIDADE

Recomendados

Lavanderia 60 minutos completa sete anos
Mobilet's geram economia de 149% comparado a uma moto
Colchões Castor comemora 60 anos com mega promoção
Publicidade
Steudel inova e lança nova cerveja para 'beber sem culpa'
Mundo Animal lança campanha para doação de agasalho em PG
La Belli Master Hall promove festa eletrônica com Liu
PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vamos Ler 30/06/2022 ás 18:06h
Bom Dia Astral 30/06/2022 ás 18:00h
Esporte 30/06/2022 ás 17:49h
Publicidade
ao vivo 30/06/2022 ás 17:41h
Vamos Ler 30/06/2022 ás 17:33h
Cotidiano 30/06/2022 ás 17:21h
Ponta Grossa 30/06/2022 ás 17:08h
Publicidade
Cotidiano 30/06/2022 ás 17:05h
Vamos Ler 30/06/2022 ás 16:57h
Ponta Grossa 30/06/2022 ás 16:50h
Ponta Grossa 30/06/2022 ás 16:33h
Ver Mais
PUBLICIDADE

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 30/06/2022 ás 16:00h

Prefeitura realiza feira gastronômica nesta sexta

Ponta Grossa 30/06/2022 ás 15:24h
Ponta Grossa 30/06/2022 ás 15:00h
PUBLICIDADE
Ponta Grossa 30/06/2022 ás 10:47h
Ponta Grossa 30/06/2022 ás 10:35h
Ponta Grossa 30/06/2022 ás 10:17h
PUBLICIDADE

COTIDIANO

Cotidiano | 30/06/2022 ás 15:16h

Polícia amplia suporte em Institutos de Identificação

Cotidiano 30/06/2022 ás 14:44h
Cotidiano 30/06/2022 ás 11:42h
PUBLICIDADE
Cotidiano 30/06/2022 ás 11:34h
Cotidiano 30/06/2022 ás 11:11h
Cotidiano 30/06/2022 ás 10:56h
PUBLICIDADE

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 30/06/2022 ás 14:02h

Fábrica de pet food vai gerar mil empregos na região

Campos Gerais 30/06/2022 ás 08:22h
Campos Gerais 29/06/2022 ás 21:44h
PUBLICIDADE
Campos Gerais 29/06/2022 ás 21:20h
Campos Gerais 29/06/2022 ás 20:27h
Campos Gerais 29/06/2022 ás 18:21h
PUBLICIDADE

MIX

Mix | 30/06/2022 ás 16:25h

Alunos do projeto Música para Todos se apresentam em PG

Mix 30/06/2022 ás 10:06h
Mix 30/06/2022 ás 06:30h
PUBLICIDADE
Mix 29/06/2022 ás 09:00h
Mix 29/06/2022 ás 06:30h
Mix 28/06/2022 ás 18:56h
PUBLICIDADE

ESPORTE

Esporte | 28/06/2022 ás 09:45h

PG recebe 3ª etapa do Estadual de Arrancada na Terra

Esporte 28/06/2022 ás 09:33h
Esporte 27/06/2022 ás 22:06h
PUBLICIDADE
Esporte 27/06/2022 ás 11:32h
Esporte 27/06/2022 ás 11:29h
Esporte 27/06/2022 ás 09:43h
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

VAMOS LER

Vamos Ler | 30/06/2022 ás 18:06h

Alunos de Jaguariaíva abordam questões de justiça e cidadania

PUBLICIDADE

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 30/06/2022 ás 18:00h

Confira seu horóscopo desta sexta-feira (01/07)

EMPREGOS

Empregos | 30/06/2022 ás 18:10h

Confira as vagas de emprego desta sexta-feira (01/07)

PUBLICIDADE

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 24/06/2022 ás 21:01h

Terminal de PG é palco de pancadaria; veja o vídeo

Ponta Grossa 26/06/2022 ás 08:55h
Cotidiano 28/06/2022 ás 09:55h
Bom Dia Astral 25/06/2022 ás 18:00h
Campos Gerais 23/06/2022 ás 19:19h
PUBLICIDADE