'A Casa do Dragão' volta ao passado e recomeça 'Game of Thrones'

Série derivada estreia neste domingo (21)

A série é baseada no livro 'Fogo & Sangue', também de George R. R. Martin
A série é baseada no livro 'Fogo & Sangue', também de George R. R. Martin -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Há alguns elementos que invariavelmente vêm à mente quando se fala de 'Game of Thrones': violência explícita, nudez (também explícita), disputas de poder, reviravoltas e, claro, o toque fantástico trazido por dragões e caminhantes brancos. Todos esses componentes contribuíram para o frisson em torno da série, que bateu sucessivos recordes de audiência durante sua exibição, e agora são espertamente usados para nos introduzir à derivada 'A Casa do Dragão', que estreia neste domingo (21).

A trama acompanha um período específico da dinastia Targaryen, quando quem ocupava o Trono de Ferro era o rei Viserys I (Paddy Considine) – aproximadamente 170 anos antes do nascimento de Daenerys Targaryen. Acontece que o monarca tem apenas uma filha, Rhaenyra (Milly Alcock, na adolescência), e começa a se formar uma questão em torno de sua sucessão, já que seu herdeiro apontado é seu irmão Daemon (Matt Smith), príncipe de temperamento forte e não exatamente afeito às maneiras da corte.

A série é baseada no livro 'Fogo & Sangue', também de George R. R. Martin, com foco na família Targaryen e acontecendo centenas de anos antes de 'Game of Thrones'. 'A Casa do Dragão' se passa na época em que Aegon, o Conquistador, uniu os sete reinos de Westeros.

O foco inicial, portanto, deve ser na primeira guerra civil Targaryen, conhecida também como A Dança dos Dragões, quando os dragões foram extintos. Eles só apareceriam novamente quando Daenerys conseguiu chocar três ovos em 'Game of Thrones'. A HBO ainda não revelou muitos detalhes sobre a sinopse, mas com o dia de lançamento a cada vez mais perto, logo teremos mais informações sobre a série como um todo.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right