Em PG, grupos preparam manifestação pró-Bolsonaro

Organizadores realizam ‘adesivaço’ no próximo sábado (7) para convocar a população para participar do encontro

No próximo dia 15 de março Ponta Grossa estará entre as cidades que sediarão manifestações de apoio ao governo de Jair Messias Bolsonaro (sem partido). Neste sábado (7), organizadores do evento vão realizar um ‘adesivaço’ na área central da cidade “convocando a população” para o manifesto do dia 15. O ato pró-Bolsonaro surgiu depois que o presidente e o Congresso chegaram a um impasse sobre a o orçamento da União. 

De acordo com Leandro Malaquias, um dos organizadores do evento, um grupo organiza eventos em Ponta Grossa e nos Campos Gerais. “Neste sábado [7], vamos realizar um adesivaço em frente à Igreja dos Polacos. Nossa proposta é convidar a população para participar conosco da manifestação do próximo dia 15”, contou Leandro. O ‘adesivaço’ de sábado começará às 10h.

No dia 15 de março, os manifestantes irão às ruas em apoio ao governo de Bolsonaro. As manifestações foram insufladas por uma declaração do ministro general da reserva, Augusto Heleno, segundo a qual o governo estaria sendo “chantageado pelo Congresso”. Desde então, grupos bolsonaristas convocam a manifestação contra parlamentares com ações em várias cidades brasileiras. 

Em Ponta Grossa, o manifesto do dia 15 acontecerá em frente à Igreja dos Polacos. Em seguida, os manifestantes deverão realizar uma passeata até o Parque Ambiental - o evento também deverá contar com uma carreta e carros de som que acompanharão o grupo. A expectativa é que lideranças políticas ligadas ao grupo bolsonarista também participem do encontro. 

Gustavo Martinkoski, liderança do movimento ‘Endireita Ponta Grossa’, também participa da organização do protesto e destaca que o movimento é “democrático”. “Esse ato parte das pessoas que estão cansadas das velhas práticas políticas, as pessoas estão cansadas da conduta de velhos líderes que tem atrasado o Brasil. O movimento é contra a velha política, contra os acordões, além de também tratar da própria prisão em segunda instância”, disse Martinkoski. 

As manifestações tiveram uma ‘injeção de polêmica’ depois que o próprio Bolsonaro compartilhou um vídeo por Whatsapp onde convoca a população para a manifestação que tem sido organizada, especialmente, pelas redes sociais.

Protesto pela memória de Marielle

O fim de semana dos dias 14 e 15 de março promete ser movimentado na política. No sábado 14, manifestantes sairão às ruas para lembrar os dois anos da morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes. O protesto está sendo convocado por partidos de esquerda, como PSOL e PT, e pelo Instituto Marielle Franco, gerido pela família da parlamentar. Manifestações em prol de Mariele já foram confirmadas em grandes cidades brasileiras. 

Reações de outros poderes

Ao discursar em Plenário na tarde desta segunda-feira (2), o senador Confúcio Moura (MDB-RO) criticou o presidente Jair Bolsonaro por suas declarações sobre as manifestações convocadas para o dia 15 de março contra o Congresso Nacional. Confúcio considera inconcebível um presidente desafiar o Congresso e o Poder Judiciário. O senador disse que quem ocupa o cargo de presidente da República deve "irradiar" propósitos positivos e inspiradores para a sociedade. Confúcio Moura também afirmou que Bolsonaro deveria governar o Brasil para 210 milhões de brasileiros (população estimada do país), e não para os cerca de 35 milhões de seguidores de suas redes sociais. 

Agenda em cidades do Paraná

No Paraná, a capital Curitiba sediará o ato na Boca Maldita. Já em Guarapuava o evento acontecerá na Praça Cleve e, em Foz do Iguaçu, o ato será realizado na Praça Mitre. Cidades como Londrina, Arapongas, Cascavel, Lapa, Marechal Candido Rondon, Pato Branco, Toledo e Umuarama também terão eventos em apoio ao governo de Bolsonaro.

Caramuru Vôlei inicia sequência decisiva pela Superliga

Caramuru Vôlei inicia sequência decisiva pela Superliga...

“PG está na iminência de ficar sem leitos”, diz secretário de Saúde

“PG está na iminência de ficar sem leitos”, diz secretário de Saúde...

PG supera 15 mil casos de Covid e registra mais óbitos

PG supera 15 mil casos de Covid e registra mais óbitos...

Defesa de Felipe Passos diz que “desmontou farsa” da acusação

Defesa de Felipe Passos diz que “desmontou farsa” da acusação...

Defesa Civil atende mais de 10 alagamentos em PG

Defesa Civil atende mais de 10 alagamentos em PG...

Situação da Covid-19 pode impedir retorno às aulas em PG

Situação da Covid-19 pode impedir retorno às aulas em PG...

Servidores da Saúde serão os primeiros vacinados em PG

Servidores da Saúde serão os primeiros vacinados em PG...

Elizabeth e Rangel se reúnem no Palácio da Ronda

Elizabeth e Rangel se reúnem no Palácio da Ronda...

PRF recebe a visita da Secretária de Cidadania e Segurança

PRF recebe a visita da Secretária de Cidadania e Segurança...

Espaço Cultural Pôr do Sol promove live neste sábado

Espaço Cultural Pôr do Sol promove live neste sábado...

Atriz de Ponta Grossa é premiada em edital nacional

Atriz de Ponta Grossa é premiada em edital nacional...

Entidades pedem suspensão do Enem no Paraná

Entidades pedem suspensão do Enem no Paraná...

Confira a coluna RC deste sábado(16/01)

Confira a coluna RC deste sábado(16/01)...

Confira seu horóscopo deste sábado (16/01)

Confira seu horóscopo deste sábado (16/01)...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS