Os frades acolhidos por dom Geraldo

Coluna 'Na Trilha da Fé': Os frades acolhidos por dom Geraldo

 A dois anos de completar 50 anos de fundação, a Congregação dos Frades Menores Missionários tem sua origem ligada à Diocese de Ponta Grossa. Foi o bispo Dom Geraldo Micheleto Pellanda quem acolheu, em 15 de agosto de 1973, os freis para fundar um novo ramo franciscano: a Pia União dos Frades Menores Missionários. O bispo presidiu a cerimônia que deu início à família dos frades menores, em União da Vitória. A ereção em Pia União se deu com o nome originário de Pia Associação dos Padres de São Francisco de Assis. Com a aprovação das constituições por decreto diocesano de Dom Geraldo, de 15 de agosto de 1980, passou a     se chamar Instituto dos Frades Menores Missionários. Em 22 de março de 1982, a antiga Congregação para os Religiosos e Institutos Seculares do Vaticano autorizou a ereção canônica.

O reconhecimento em ‘congregação de direito diocesano’ deu-se a 30 de maio de 1982, em Ponta Grossa, através de um decreto emanado por Dom Geraldo. A 15 de agosto de 1994, Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, então bispo de Ponta Grossa, aprovou por decreto a revisão das constituições. Eram 13 os religiosos fundadores e que nela perseveraram. Todos são falecidos: Domingos Rigon, Timóteo Pérsici, Celso Chesini, Teodoro Ferronato, Manoel Parisi, Justino Dotti, Tiago Lucchese, Alceu Richetti, Gaspar Zonta, Doroteu de Pádua, Ireneu Costella, Eusébio Ferreto e Edmundo Costella. Após alguns anos da consolidação da congregação, surgiu entre alguns fundadores, especialmente frei Ireneu, a ideia de um ramo feminino que vivesse do jeito dos frades, na busca das ‘fontes franciscanas’, dedicando-se à evangelização sobretudo das famílias.

Após algumas experiências, surgiu em 2013 por ocasião do 40º aniversário de fundação, um grupo de moças que expressavam o desejo de partilhar a forma de vida da congregação. Aos poucos foi se organizando uma experiência de convivência entre vocacionadas. Após um processo de discernimento e caminhada vocacional, no dia 15 de agosto de 2017 iniciou-se oficialmente o ramo feminino das Irmãs Franciscanas Menores Missionárias. O bispo Dom Sergio Arthur Braschi presidiu a celebração que marcou as primeiras promessas e ingresso para o noviciado e postulantado de três candidatas a religiosas. Atualmente, fazem parte três irmãs de votos (destes, um perpétuo), duas postulantes e três aspirantes. O ramo feminino completa sete anos no dia 8 de março de 2022 e funciona no Convento Santa Clara, espaço anexo da Paróquia São Pedro Apóstolo.

Ainda, em 2007, alguns fiéis leigos que tinham maior contato com os frades, mostravam interesse em participar mais de perto da caminhada franciscana. Foi então que surgiu o grupo dos leigos franciscanos. São pessoas que se encantaram pelo ideal de vida de São Francisco e Santa Clara e buscam viver no mundo a espiritualidade cristã de um jeito franciscano. Reúnem-se periodicamente para adoração ao Santíssimo Sacramento, formação franciscana e partilha de vida. Almejam uma vida simples, fraterna, orante com um olhar especial para os mais pobres e sofredores. Podem ser solteiros ou casados. Em Ponta Grossa, duas paróquias são administradas pelos frades: a São Pedro Apóstolo, no Sabará, e a São Francisco de Assis, no Borato. São oito padres e quatro estudantes, em dois conventos: São Francisco de Assis e Santo Antônio. Como preparação ao jubileu de ouro da congregação, em 2023, os frades estão celebrando um triênio inspirado nos mistérios da vida de Jesus contemplados por São Francisco. Neste ano, o segundo do triênio, o mistério contemplado é ‘A Paixão de Jesus’.

 

FONTE

www.fradesmenoresmissionarios.com.br

- Paróquia São Pedro Apóstolo

- Paróquia São Francisco de Assis

PG completa um ano de vacinação: o que mudou?

PG completa um ano de vacinação: o que mudou? ...

Ah, como dói quando falta esperança

Ah, como dói quando falta esperança ...

Comércio de PG tem resultado superior à média do Paraná

Comércio de PG tem resultado superior à média do Paraná ...

Copel construirá subestações em Ponta Grossa e em Castro

Copel construirá subestações em Ponta Grossa e em Castro ...

Irati e União da Vitória buscam melhorias na área de segurança

Irati e União da Vitória buscam melhorias na área de segurança ...

Guamiranga aplica recursos para qualificar a educação

Guamiranga aplica recursos para qualificar a educação ...

Carambeí garante investimento para o novo Mercado Municipal

Carambeí garante investimento para o novo Mercado Municipal ...

Capa da edição desta terça-feira (18/01/2022) do JM

Capa da edição desta terça-feira (18/01/2022) do JM ...

Telêmaco terá investimento de R$ 3 milhões em pavimentação

Telêmaco terá investimento de R$ 3 milhões em pavimentação ...

Castro avança em obras de pavimentação nos bairros

Castro avança em obras de pavimentação nos bairros ...

Projetos sociais na região são custeados pela Klabin

Projetos sociais na região são custeados pela Klabin ...

Piraí do Sul traça metas para desenvolver o turismo local

Piraí do Sul traça metas para desenvolver o turismo local ...

Mais de 80% dos pequenos negócios do Paraná usam PIX

Mais de 80% dos pequenos negócios do Paraná usam PIX ...

DAF apresentará novo modelo de caminhão nesta terça

DAF apresentará novo modelo de caminhão nesta terça ...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

REDES SOCIAIS