Livros na fogueira

Por Mário Sérgio de Melo

Não gosto do abuso nas mídias sociais, procuro usá-las o menos possível. Mas recebo muita coisa que indica que estamos regredindo no diálogo, inversamente ao prodigioso avanço na tecnologia de comunicação. Ou seria de doutrinação?

Recebi vídeo no qual uma encanecida senhorinha, com ares de bondosa avozinha, queimava livros de Paulo Coelho na churrasqueira. Ela não estava para ternuras, estava enraivecida. Com palavrões ofendia o autor dos livros, acusando-o de canalha, comunista, petista que fala mal do Brasil e boicota os produtos do país. Furiosa, dizia ter lido já dez livros do Mago, enquanto, arrancando as páginas de um deles, ia jogando-as sobre as labaredas e desfiando seu rosário de imprecações. Finalizou esconjurando o autor para o inferno.

Nunca curti Paulo Coelho. Não gosto do estilo, do gênero. Como diria uma saudosa amiga ─ “Gosto não se discute; se lamenta!” ─ Não vi o que ele falou para enfurecer a avozinha, mas suspeito que se o capiroto tiver que escolher entre ela e o autor para ter a seu lado, não vai ter dúvida. Que triste chegar à velhice sem que a vida tenha ensinado sabedoria e bondade! E suspeito que o Mago não falou mal do Brasil, nem dos brasileiros. Deve ter é dito diabruras do desgoverno que anda arruinando o país.

Mas o vídeo é instigante! O que teria feito a velhinha odiar tanto o antes apreciado escritor? Paulo Coelho não é a primeira celebridade brasileira fustigada pela ira de antes supostos pacíficos cidadãos. Junto estão Chico Buarque, Paulo Freire, Marilena Chauí e outros. O que anda acontecendo? A avó incendiária diz ter lido dez livros do Mago. Por certo viu algo de proveitoso. O que teria causado mudança tão radical?

É possível que nossa opinião nunca antes tenha estado tão à mercê da tecnologia de informação, que sabidamente nos manipula, nos doutrina. Se alguém ainda duvida disso, veja o documentário “O dilema das redes” (2020, direção de Jeff Orlowski), que revela como nossas escolhas têm sido governadas pelos onipresentes sistemas de controle da informação. Deixamos de ser usuários ou consumidores, passamos a ser o produto que é oferecido aos verdadeiros consumidores: os fazedores de opinião.

A avó incendiária gostava do Paulo Coelho. Mas o autor passou a receber os qualificativos de canalha, f.d.p. e outras baixarias. E, no dizer da idosa, é um comunista, petista, sem-vergonha, que deveria mudar-se para Cuba, Venezuela ou a China, e não viver no bem-bom da Suíça.

Trata-se de uma revisão de juízos, que vem com a acrescentada compreensão da velhice? O que tem mudado nas últimas décadas é o poder de manipulação das tecnologias midiáticas. Até idosos com gostos consolidados mudam suas convicções, e queimam na fogueira as referências anteriores. Não aprenderam nada com elas? Queimar livros é um histórico símbolo de retrocesso obscurantista.

O que mais preocupa é constatar como somos vulneráveis à manipulação. Não soubemos controlar as tecnologias de informação. Então estamos sendo controlados por elas.

 

 Mário Sérgio de Melo é Geólogo, professor aposentado do Departamento de Geociências da UEPG

Carro tomba após bater contra moto em cruzamento

Carro tomba após bater contra moto em cruzamento...

Motociclista morre ao sofrer queda na BR-376, em PG

Motociclista morre ao sofrer queda na BR-376, em PG...

Operação contra o tráfico na região tem oito presos

Operação contra o tráfico na região tem oito presos...

Lojas MM promove ação em prol dos animais

Lojas MM promove ação em prol dos animais...

Prefeituráveis debatem projetos para governar PG

Prefeituráveis debatem projetos para governar PG...

Paciente recebe alta do HGU após 56 dias com covid-19

Paciente recebe alta do HGU após 56 dias com covid-19...

Krum deixa o HU e revela ‘racha’ na gestão da UEPG

Krum deixa o HU e revela ‘racha’ na gestão da UEPG...

Fórum de PG realiza campanha sobre Setembro Amarelo

Fórum de PG realiza campanha sobre Setembro Amarelo...

TRE do Paraná registra recorde de 85 mil mesários voluntários

TRE do Paraná registra recorde de 85 mil mesários voluntários...

Indústria puxa crescimento do emprego no Paraná em agosto

Indústria puxa crescimento do emprego no Paraná em agosto...

Paraná quita R$ 2 bilhões em precatórios em 2020

Paraná quita R$ 2 bilhões em precatórios em 2020...

Ratinho entrega residencial em Jaguariaíva

Ratinho entrega residencial em Jaguariaíva...

Operação policial em Arapoti termina com oito presos

Operação policial em Arapoti termina com oito presos...

Márcio Pauliki reforça compromisso com a Melhor Idade

Márcio Pauliki reforça compromisso com a Melhor Idade...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS