Por mais mulheres de luta na política

Por Isabela Gobbo

            Mesmo sendo maioria, representando 52% da população e do eleitorado, as mulheres ainda são minoria nos espaços de poder e de tomada de decisão. Um exemplo crítico da representação no parlamento é a Câmara Municipal de Ponta Grossa que teve no último pleito eleitoral apenas uma única vereadora eleita. Nas disputas eleitorais deste ano de 2020, no mínimo 30% das chapas lançadas de vereadores e vereadoras serão constituídas por mulheres, as quais podem vir a ser eleitas, aumentando a representatividade na Câmara, o que será uma importante conquista. Porém, a realidade exige de nós, mulheres, uma luta que vai além da representatividade em si, que de fato tenha posição em prol das transformações necessárias que visem a igualdade entre homens e mulheres na prática.

            A carência de pautas de defesa dos direitos das mulheres nas discussões nos espaços políticos é decorrente da ausência de mulheres de luta e/ou feministas ocupando a política, o que precisa ser revertido pela articulação e resistência das mulheres, e também pela compreensão de todos, incluindo os homens, dessa necessidade histórica. Para começar a tratar sobre feminismo, o ponto em comum de todos os movimentos envolve a luta contra a subalternidade da mulher em detrimento do homem, o que pode ser notado em todos os meios, devido à elementos históricos, sociais e culturais que moldam a nossa sociedade, e visualizado em números. Apesar do discurso de que homens são os grandes provedores, 45% dos lares brasileiros são chefiados por mulheres, as quais, infelizmente, recebem em média 20,5% a menos do que os homens quando desempenham os mesmos trabalhos. Ademais, os casos de feminicídio e violência contra as  mulheres em seus espaços familiares tem aumentado e, ao lado disso, aumenta a violência institucional de pauperização absoluta, das condições de trabalho desumanas, do assédio sexual, parte do assédio moral no trabalho, e da violência institucional no acesso e acolhimento nos serviços públicos básicos, onde as mulheres são as principais frequentadoras. Compreender essa realidade, refletir sobre ela e lutar para modificá-la precisa estar na agenda de nossas mulheres candidatas.

            Nenhum direito conquistado por nós, mulheres, veio de graça e precisamos fazer muito ainda para avançar na construção de uma sociedade de fato emancipada, para homens e mulheres. Precisamos trazer à tona lutas históricas, como: o combate às desigualdades no âmbito do trabalho, a partir de grandes campanhas pelo trabalho decente para as mulheres; a luta contra a violência de gênero, desconstruindo a visão da mulher como objeto e propriedade e reforçando o lugar das mulheres como cidadãs de direitos; a defesa dos direitos sexuais e direitos reprodutivos, porque não podemos ficar indiferentes à precarização da saúde das mulheres, à sua morte decorrente de abortos inseguros, ao crescente índice de mortalidade materna, à gravidez decorrente de estupro, ao retrocesso no direito democrático da escolha das mulheres; e a defesa de TODAS as mulheres, sem exceção, respeitando todas as formas de amar e de ser. Projetos concretos que ofereçam perspectiva de sobrevivência, diante da falta de emprego e de acesso à serviços, alfabetização, capacitação para o emprego, dentre outros, constituem-se em pontos de uma agenda mobilizadora. A luta por creche e escola em tempo integral continua na ordem do dia, assim como a luta por uma política de segurança que não leve à matança diária de seus filhos e filhas.

            Com isso posto, se você se identifica com essas lutas, seja bem vinda ao grupo de mulheres que quer construir uma sociedade muito diferente desta que nos mata e nos oprime todos os dias. Precisamos de muita unidade entre nós, mulheres e homens, para avançarmos, tendo no horizonte uma vida plena, em liberdade, solidariedade e igualdade para todos e todas.

Por Isabela Gobbo, Advogada e Mestre em Ciências Sociais Aplicadas pela UEPG

Confira seu horóscopo para esta Segunda-feira (10/08)

Confira seu horóscopo para esta Segunda-feira (10/08)...

Fantasma 'voa' e vence o Figueirense na estreia da Série B

Fantasma 'voa' e vence o Figueirense na estreia da Série B...

PG reabre pontos turísticos neste sábado

PG reabre pontos turísticos neste sábado...

Unimed PG promove lives sobre amamentação em agosto

Unimed PG promove lives sobre amamentação em agosto...

MP destina R$ 1,99 bi para viabilizar vacina contra covid

MP destina R$ 1,99 bi para viabilizar vacina contra covid...

Aliel propõe prêmio a cientistas que estudam vacina da covid

Aliel propõe prêmio a cientistas que estudam vacina da covid...

Escola de PG recebe suporte para reutilizar água da chuva

Escola de PG recebe suporte para reutilizar água da chuva...

Professores da UEPG apresentam modelo preditivo da covid-19

Professores da UEPG apresentam modelo preditivo da covid-19...

Câmara discute orçamento da Prefeitura de PG para 2021

Câmara discute orçamento da Prefeitura de PG para 2021...

Família se despede de garoto vítima de acidente no Jardim América

Família se despede de garoto vítima de acidente no Jardim América...

Fundação de Saúde confirma dois novos óbitos pela Covid

Fundação de Saúde confirma dois novos óbitos pela Covid...

Keyla Sanson descarta polarização e foca em gestão técnica

Keyla Sanson descarta polarização e foca em gestão técnica...

Prefeitura afasta profissionais da saúde por Covid no PSM

Prefeitura afasta profissionais da saúde por Covid no PSM...

Tibagi já realizou mais de 350 testes rápidos de Covid-19

Tibagi já realizou mais de 350 testes rápidos de Covid-19...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS