Cultura enlatada

Por Mário Sérgio de Melo

Outro dia um filme que passava num canal fechado na TV impressionou-me pelo realismo dos personagens, parecidos com pessoas que vejo no dia a dia, e pela intensidade de emoções, sentimentos, ações desses personagens. O nome do filme, de origem russa: “Sem amor”. O tema: drama familiar. O diretor: Andrey Zvyagintsev.

O filme surpreende pelo clima que cria em torno de tema tão crucial: o amor filial. Deve ter sido uma produção barata comparada às superproduções estadunidenses que inundam nossas telas, e que atraem multidões e arrecadam milhões. Por que filmes realistas, baratos, sobre temas humanos essenciais, que aliam arte, reflexão e entretenimento, comumente vindos do leste europeu e do oriente, são tão raros e costumam ser fracassos de bilheteria entre nós?

Será que vivemos a civilização da cultura enlatada? Não só no cinema, mas na literatura, na música, no teatro... Para consumo rápido, que nos entorpece mais do que nos encoraja e desperta sentimentos e reflexão? Uma cultura que não emancipa, ao contrário, submete? Sentir e refletir estão na contramão da civilização baseada no consumo rápido e insaciável, senão entra em colapso. Não é assim o mundo atual, em que os produtos têm vida útil programada para que tenhamos que trocá-los logo por outros, senão a produção cai, a fábrica vai à falência? E o mesmo não se passa com a indústria cultural, que esqueceu o sentido da palavra cultura, que é cultivar a humanidade dentro de nós? Cultura passou a ser um produto como qualquer outro no mundo consumista, precisa ser vendido rápido e em grande quantidade.

Hoje uma das ciências que mais avança é a ciência do controle, da manipulação do comportamento humano. Somos bombardeados a todo instante por técnicas cada vez mais sofisticadas e eficazes para pensarmos, desejarmos, comprarmos, agirmos, votarmos da forma como nossos manipuladores desejam. Somos como eles querem, perdemos a identidade de ser pensante e sensível, com singularidades e aspirações intrínsecas. Somos treinados para responder com reflexos condicionados, como deseja o mercado.

O resultado dessa eficaz manipulação revela-se nos filmes que assistimos, livros que lemos, músicas que escutamos, compras que fazemos, ideologias que defendemos, governantes que elegemos, ícones que idolatramos ou que amaldiçoamos.

O contrário da cultura enlatada seria a cultura popular, impregnada da autenticidade da realidade da vida de um povo, sua tradição, território, lutas, conquistas, subjetividade. No Brasil, onde a cultura popular ainda consegue sobreviver à terraplanagem da cultura enlatada? Talvez nos rincões da Amazônia, no sertão nordestino?

Não por acaso o filme mais falado e premiado produzido no País nos últimos tempos, o Bacurau, de Kléber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, aborda justamente a confronto do tradicional com a enlatada farsa no sertão nordestino.

Urge resgatar a cultura autêntica, expressa na cultura tradicional, na cultura popular.

 

Mário Sérgio de Melo é Geólogo, professor aposentado do Departamento de Geociências da UEPG

Estado injeta quase R$ 6 bi na economia até o Natal

Estado injeta quase R$ 6 bi na economia até o Natal...

Um dever de todos

Um dever de todos...

Grupo de BNI será lançado nesta terça em PG

Grupo de BNI será lançado nesta terça em PG...

Prestes garante vantagens durante a Black Friday

Prestes garante vantagens durante a Black Friday...

30ª Münchenfest resgata tradição alemã em PG

30ª Münchenfest resgata tradição alemã em PG...

Lojas estendem promoções da Black Friday no fim de semana

Lojas estendem promoções da Black Friday no fim de semana...

CCR RodoNorte libera tráfego em três retornos da PR-151

CCR RodoNorte libera tráfego em três retornos da PR-151...

‘Operação Natal’ reforça segurança até o final do ano

‘Operação Natal’ reforça segurança até o final do ano...

Motociclista fica em estado grave no centro de PG

Motociclista fica em estado grave no centro de PG...

Bosque de Luz é novidade no Natal de PG

Bosque de Luz é novidade no Natal de PG...

Meninas Cantoras de PG apresentam repertório natalino

Meninas Cantoras de PG apresentam repertório natalino...

Coluna RC desta sexta-feira (29/11)

Coluna RC desta sexta-feira (29/11)...

Vagas na Agência do Trabalhador para sexta-feira (29/11)

Vagas na Agência do Trabalhador para sexta-feira (29/11)...

Confira seu horóscopo para este sábado (30/11)

Confira seu horóscopo para este sábado (30/11)...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS