Paraná reforça cuidados com animais silvestres

Dois centros para atendimento a animais silvestres foram inaugurados em Ponta Grossa e Guarapuava. Também foi entregue o Selo Amigo da Fauna, com o qual o Estado descentraliza atendimentos com instalações de centros especializados no recebimento e tratamento dos animais

No Dia Mundial da Fauna e Dia da Defesa da Fauna, nesta quarta-feira (22), o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) reforçou o serviço prestado no Paraná de atendimento aos animais silvestres.

O secretário da pasta, Márcio Nunes, inaugurou o Centro de Triagem e Atendimento aos Animais Silvestres (Cetas) em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, e o Centro de Atendimento aos Animais Silvestres (Cafs) em Guarapuava, no Centro-Sul, nas dependências da Unicentro (Campus Cedeteg).

Em Curitiba, o secretário também visitou as dependências do Cafs Curitiba, no bairro Capão da Imbuia, onde comemorou a renovação da parceria com a prefeitura no atendimento à fauna vitimada. No zoológico da Capital, 18 pássaros das espécies pintassilgo, tico-tico, sanhaço-frade e cascais retornaram à natureza após tratamento no Centro.

Em reconhecimento aos serviços prestados, Nunes entregou o Selo Amigo da Fauna às instituições. “É um momento histórico. Estamos descentralizando o atendimento especializado a animais machucados ou perdidos, visando sempre a reintrodução dele à natureza", disse.

Quando o animal resgatado não está apto a retornar ao seu habitat, com riscos de não conseguir sobreviver sozinho, é encaminhado a um cativeiro regularizado pelo IAT.

“Estamos mostrando o respeito que o Governo do Paraná tem para com a vida na terra. Além de promover o desenvolvimento, o Estado também quer ser o que mais preserva e recupera o meio ambiente”, afirmou Nunes.

Os centros fazem parte das iniciativas Pró-Fauna da Sedest, programa que já investiu mais de R$ 1,1 milhão no atendimento à fauna silvestre vítima de atropelamento, maus-tratos, comércio ilegal, tráfico e cativeiro irregular, e que precisam de atendimento veterinário.

CETAS – O Centro de Triagem e Atendimento a Animais Silvestres dos Campos Gerais foi idealizado em parceria com o Instituto Klimionte Ambiental. A unidade ofertará tratamentos de maior complexidade na estrutura de 800 metros quadrados, com recintos adaptáveis, de acordo com a demanda, para aves, répteis e mamíferos.

Sua construção foi viabilizada com recursos de três condicionantes de licenças ambientais pelo IAT, no terreno doado pela prefeitura.

A manutenção com alimentos e medicamentos está enquadrada no Programa de Conversão de Multas do IAT, previsto no Termo de Cooperação Técnica nº 01/2020.

Conforme o diretor-presidente do Instituto, Robson Klimionte, o Cetas também vai contribuir com pesquisas de saúde pública. “Hoje os animais que chegam aqui passam pela coleta de tecidos para a formação de um banco genético. Nossa ideia é entender a movimentação da fauna, além de realizar o tratamento. Estaremos, também, fazendo levantamento sorológico de zoonoses desses animais”, afirmou.

Está em fase de liberação de recursos e licitação a implantação do Cetas Litoral, nas instalações da Unespar.

CAFS – Já os Centros de Atendimento à Fauna (Cafs) fazem a recepção, triagem, atendimento médico veterinário básico e encaminhamento para que o IAT dê a destinação final aos animais, preferencialmente visando o seu retorno na natureza. Desde o início de 2019, mais de 5,6 mil animais silvestres passaram pelo Cafs Curitiba.

“Esse é um local de transição onde eles são tratados, cuidados e futuramente soltos na natureza”, destacou o superintendente de Controle Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Marcos Traad.

A unidade de Guarapuava foi a quarta inaugurada no Estado, depois de Curitiba, Londrina (Cafs Unifil) e Cascavel (Cafs Univel). O coordenador do Cafs Unicentro, professor Rodrigo Antônio Martins de Souza, ressalta o benefício da estrutura também para os estudantes da universidade.

“Temos um serviço especializado que serve à pesquisa e ao ensino de extensão, e que se torna política pública de conservação da biodiversidade”, disse. Ele lembra que o primeiro paciente foi uma fêmea jovem de veado alvejada com um tiro no abdômen por um caçador.

“Com isso, percebeu-se que aqui na região esse atendimento era essencial e agora ele é reconhecido, dentro da parceria com o IAT, como um serviço oficial do sistema de proteção à fauna silvestre do Estado do Paraná”, completou. 

A unidade tem, atualmente, 45 animais em atendimento, sendo sete mamíferos, cinco répteis e 33 aves.

Outros dois Cafs estão prontos para serem inaugurados: um em Maringá, na sede da Unicesumar, e outro em Mauá da Serra, no Instituto Monte Sinai.

Estão em processo de instalação o Cafs de Cornélio Procópio, em parceria com a prefeitura e o Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem; o Cafs de Toledo, em parceria com a Universidade Federal do Paraná; e em Foz do Iguaçu, com o Instituto Aves da Mata Atlântica.

Capa da edição desta sexta-feira (24/09/2021) do JM

Capa da edição desta sexta-feira (24/09/2021) do JM...

Lideranças querem trazer Bolsonaro à região em outubro

Lideranças querem trazer Bolsonaro à região em outubro...

Câmara abre investigação na Saúde de Ponta Grossa

Câmara abre investigação na Saúde de Ponta Grossa...

As cidades bilionárias da região dos Campos Gerais

As cidades bilionárias da região dos Campos Gerais...

Arapoti promove capacitação na área de saúde

Arapoti promove capacitação na área de saúde...

Ponta Grossa ultrapassa 2.200 árvores plantadas em 2021

Ponta Grossa ultrapassa 2.200 árvores plantadas em 2021...

Pacto pela Inovação quer difundir tecnologia pelo PR

Pacto pela Inovação quer difundir tecnologia pelo PR...

Deputado Aliel repudia fala de Bolsonaro na ONU

Deputado Aliel repudia fala de Bolsonaro na ONU...

PG muda data e Maratoma deve acontecer sábado

PG muda data e Maratoma deve acontecer sábado...

Câmara de PG aprova projeto que penaliza recusa de vacina

Câmara de PG aprova projeto que penaliza recusa de vacina...

Programa Primeiro Emprego é apresentado para industriais

Programa Primeiro Emprego é apresentado para industriais...

Imigração holandesa é destaque em Dia Mundial do Turismo

Imigração holandesa é destaque em Dia Mundial do Turismo...

Operário recebe atacante Giovani Albuquerque

Operário recebe atacante Giovani Albuquerque...

Receita Federal restitui quase R$ 3 milhões na região

Receita Federal restitui quase R$ 3 milhões na região...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS