PUBLICIDADE

Chitãozinho e Zezé se reúnem com Bolsonaro sem Xororó e Luciano

Os "Amigos" não têm o mesmo posicionamento político

Os "Amigos" não têm o mesmo posicionamento político
Os "Amigos" não têm o mesmo posicionamento político -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Na tarde de ontem (17), Chitãozinho, Leonardo e Zezé Di Camargo estiveram, ao lado de outros sertanejos, no Palácio da Alvorada, em Brasília, e declararam apoio a Jair Bolsonaro (PL), que disputa o segundo turno com Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A ausência de Xororó e Luciano foi notada, e esta coluna de Splash descobriu o motivo.

Segundo pessoas próximas aos sertanejos, Xororó e Luciano não votam atualmente em Bolsonaro. Os dois também preferem não comentar sobre política e são contra o apoio público de artistas a candidatos.

Xororó não declara publicamente, mas segue a linha de pensamento político da família. Sandy e Junior Lima, filhos do sertanejo, também não apoiam Bolsonaro. Junior, inclusive, já gravou vídeos nas redes sociais com a legenda "Fora Bolsonaro".

Chitãozinho mudou recentemente seu discurso público para este segundo turno das eleições. Em setembro, numa entrevista à Folha de S.Paulo, o cantor disse que não "não tomaria lado nas eleições". "Acho que a gente tem que respeitar o voto de cada cidadão", falou.

Na mesma entrevista, Xororó disse: "O voto está aí, com a democracia".

Vale destacar que além da divergência no posicionamento político dos irmãos (e amigos) sertanejos, o encontro de artistas com Bolsonaro levantou outro discurso de diferença nos votos na mesma família. João Guilherme, filho de Leonardo, se disse enojado com o apoio do pai a Bolsonaro.

Acabou o silêncio

Tanto Leonardo quanto Gusttavo Lima já haviam apoiado o presidente publicamente no passado. Ambos, no entanto, adotaram um período de silêncio sobre o posicionamento político.

Esta coluna de Splash, no mês passado, contatou 32 artistas sertanejos, entre os mais tocados atualmente, e a resposta de 28 deles sobre quem apoiariam foi a mesma: "Não falo de política". Outros quatro artistas procurados não retornaram o contato.

Gusttavo e Leonardo, por meio de representantes, foram dois que afirmaram não falar mais sobre política. No último dia 30, no entanto, Gusttavo declarou apoio ao presidente em um show em Miami, nos EUA.

Com informações, Uol

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE