PUBLICIDADE

PG quer ampliar a representatividade na Câmara Federal

Campos Gerais atualmente tem três representantes em Brasília. Além de Sandro Alex e Aliel Machado, que tentam a reeleição, há a opção de mais de 30 candidatos de Ponta Grossa e de municípios da região

São mais de dez candidatos do município de Ponta Grossa; da região, são mais de 30
São mais de dez candidatos do município de Ponta Grossa; da região, são mais de 30 -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Ponta Grossa e os municípios da região dos Campos Gerais tentam ampliar a representatividade em Brasília, junto à Câmara Federal. Hoje, são três os candidatos eleitos, que representam a cidade e a região: Aliel Machado (PV), Aline Sleutjes (PROS) e Sandro Alex (PSD). Eles significam uma participação de 10% de toda a bancada paranaense na Câmara, que possui 30 cadeiras. Desses três representantes, Aliel e Sandro tentam a reeleição.

Candidatos da região não faltam para buscar essa ampliação. Sandro Alex, depois de eleito em 2018, foi selecionado pelo governador Ratinho Junior para ser o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, uma das pastas mais importantes do Governo Estadual, ganhando grande visibilidade em todo o Paraná. Aliel Machado, em seu segundo mandato, além de sua cidade natal, focou bastante o trabalho em âmbito regional, para os municípios Campos Gerais, também ganhando presença nas cidades do entorno de Ponta Grossa. Ambos tentam a reeleição.

Além deles, há uma série de outros candidatos, tanto de Ponta Grossa quanto da região, alguns que estão se lançando pela primeira vez para o cargo legislativo federal, que contrastam com nomes já bastante conhecidos da política regional, como é o caso de Jocelito Canto (PSDB), Capitão Saulo (Republicanos), Rudolf Christensen (União), Angela Mercer (PSD), Altamir Sanson (PSB), entre outros.

 Neste ano, são 632 candidatos paranaenses para as 30 vagas em Brasília, o que representa uma média de 21 candidatos por cadeira. Desse total, são 25 os que tentam a reeleição. Entre as exceções estão Aline Sleutjes (PROS) e Paulo Eduardo Martins (PL), por exemplo, que desistiram de tentar a reeleição para disputar a única cadeira disponível para o Senado.

NACIONAL

No total, em âmbito nacional, a Câmara é composta por 513 deputados federais, com uma quantidade de cadeiras proporcional à representatividade do Estado. O Estado com mais cadeiras é São Paulo, com 70, seguido por Minas Gerais (53), Rio de Janeiro (46), Bahia (39) e Rio Grande do Sul (31). Isso significa que o Paraná tem a sexta maior bancada do país, com quase o dobro de deputados de Santa Catarina (16). Onze estados brasileiros têm oito representantes – entre eles, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Amazonas e Rio Grande do Norte.

Mais de 30 candidatos da região disputam para deputado federal

Neste ano, são mais de trinta candidatos com domicílio eleitoral em municípios da região dos Campos Gerais, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com os dados do TSE, somente de Ponta Grossa são 16 candidatos. Entre eles estão Adail Inglês (PROS), Aliel Machado (PV), Professora Amanda (Solidariedade), Ane Klein (União), Célio Rodrigues Mais Coletivo (PT), Jaciara Mello (Solidariedade), Jocelito Canto (PSDB), Keyla Ávila (PP), Letícia Fabiana (Cidadania), Dr. Magno (PTB), Panzarini da Saúde (PL), Prof. Marilei de Fátima (MDB), Rudolf Polaco (União), Sandro Alex (PSD), Capitão Saulo (Republicanos) e Sidnei Tilpe (PSB). Entre esses candidatos, Adail Inglês e Jocelito Canto estão disputando com candidatura indeferida com recurso. No caso de Jocelito, houve um pedido liminar de Sandro Alex, para o ex-prefeito não poder se candidatar, em razão de uma suposta inelegibilidade ‘em consequência de condenação já transitada em julgado’ por um Ação de Improbidade Administrativa. O TRE-PR impugnou a candidatura, mas o recurso está em análise no TSE.

Já entre os concorrentes da região estão Altamir Sanson (PSB), de Palmeira (pendente de julgamento); Angela Mercer (PSD), de Tibagi; Antoniela (MDB), de Ventania; Diego Reichelt (Republicanos), de Rebouças; Douglas Roberto (PROS), de Castro (indeferido com recurso); Garcia do Paraná (PDT), de São João do Triunfo; Felipe Pedroso (Cidadania), de Telêmaco Borba; Gersinho (Solidariedade), de Reserva; Prof. Heloisa Ivaszek Jensen (Progressistas), de Cândido de Abreu; Joel Ribas (PMB), de Telêmaco Borba; Professor Jorge (Patriota), de São João do Triunfo; Dr. Josué (MDB), de Irati; Mario Konopka (PTB), de Irati; Nelsinho Antunes (PSC), de Irati; Queila Lovato (PROS), de Fernandes Pinheiro; Larocca Cervejinha (Solidariedade), de Castro; Rosa Kozechen (PDT), de Prudentópolis; e Tarek Jomaa (AGIR), de Telêmaco Borba. Capitão Ignácio Bombeiro (PSC), de Piraí do Sul, teve a candidatura indeferida.

Estado do Paraná tem 26 deputados que tentam a reeleição à Câmara

Em âmbito estadual, dos 30 candidatos, 26 tentam a reeleição. Além dos candidatos da região já citados (Aliel e Sandro), tentam se manter na Câmara, em Brasília, Christiane Yared (PP), Enio Verri (PT), Felipe Francischini (União), Filipe Barros (PL), Gleisi (PT), Giacobo (PL), Gustavo Fruet (PDT), Hermes Parcianello (MDB), Leandre (PSD), Luciano Ducci (PSB), Luísa Canziani (PSD), Luiz Nishimori (PSD), Luizão Goulart (Solidariedade), Marco Brasil (PP), Pedro Lupion (PP), Ricardo Barros (PP), Rubens Bueno (Cidadania), Sargento Fahur (PSD), Sérgio Souza (MDB), Stephanes (PSD), Toninho Wandscheer (PROS), Vermelho (PL) e Zeca Dirceu (PT).

Correm por fora, em busca de uma vaga, outros personagens bastante conhecidos no Paraná, como o ex-governador Beto Richa (PSDB); o secretário de Estado de Saúde no atual governo, Beto Preto (PSD); o ex-procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol (Podemos); o Esturilho Mandato da Cultura, um coletivo que tem a atriz Guta Stresser; o ex-secretário de Estado da Fazenda, Luiz Carlos Hauly; entre outros.

Confira alguns dos principais nomes de Ponta Grossa para a disputa:


Aliel Machado busca a reeleição pela 3ª vez

Aliel Machado (PV) tenta seu terceiro mandato em Brasília. O Ponta-grossense iniciou sua vida política como vereador, eleito aos 18 anos, e reeleito em 2012, se tornando presidente da câmara. Em 2014, ele foi eleito o deputado federal mais jovem do Estado, com apenas 25 anos, além de ter sido o mais votado da história em Ponta Grossa, com mais de 61 mil votos. Seu trabalho foi reconhecido quatro anos depois, não só na cidade, mas em todo o Estado, conquistando 95.386 votos em 356 municípios do Estado

Sandro quer manter a representatividade na Câmara

Sandro Alex (PSD) busca o quarto mandato consecutivo. Após uma tentativa frustrada de assumir a prefeitura em 2008, se candidatou em 2010 para deputado federal, e foi eleito. Em 2014 e se manteve como representante da região em Brasília e em 2018 ele repetiu o sucesso nas urnas, com 124.512 votos. O último mandato, porém, ele exerceu apenas por alguns meses em 2022, tendo em vista que ele foi nomeado Secretário de Estado de Infraestrutura e Logística do Paraná pelo governador Ratinho Junior, já no início de 2019.

Ex-prefeito Jocelito Canto luta por vaga em Brasília

Natural de Três Passos (RS), Jocelito (PSDB) vive em Ponta Grossa há mais de 30 anos. O radialista foi eleito na cidade pela primeira vez em 1994, como deputado estadual pelo PSC. Dois anos depois, em 1996, foi eleito prefeito de Ponta Grossa, cargo exercido por ele de até 2000. Depois, tentou e obteve êxito em voltar para a Assembleia Legislativa do Paraná em 2002 e 2006. Agora, tenta uma vaga em Brasília pela primeira vez. Sua candidatura foi indeferida, mas como há o recurso no TSE, seu nome continua na urna.

Keila Ávila é uma das opções femininas na disputa

Pela primeira vez, Keila Ávila (PP) disputa uma eleição. Ela iniciou sua carreira profissional aos 13 anos, como menor aprendiz, trabalhou por 10 anos em banco, de onde saiu como gerente de contas, e hoje atua como correspondente bancária. Na política, foi pré-candidata à prefeitura de Ponta Grossa nas eleições de 2020 e exerceu o cargo de presidente do Patriota municipal até o começo de 2022. Desde junho deste ano, Keyla é a presidente da executiva municipal do partido Progressistas.

Capitão Saulo tenta vaga no legislativo pela 1ª vez

Capitão da Polícia Militar, Saulo Vinícius Hladyszwski (Republicanos) entrou para a vida política em 2020, quando se candidatou a vice de Elizabeth Schmidt, para a prefeitura de Ponta Grossa, chapa que foi eleita - ele era conhecido na cidade por seu trabalho realizado junto à Patrulha Escolar e Proerd. Em abril deste ano, Saulo aceitou o convite do Republicanos e trocou de partido para começar o processo de lançamento da pré-candidatura. Esta é a primeira vez que ele concorre a um cargo para o legislativo.

Rudolf Polaco aposta na renovação para Federal

Rudolf Polaco, do União Brasil, ficou conhecido no cenário municipal como diretor da Agência do Trabalhador no primeiro mandato do prefeito Marcelo Rangel. Nas eleições de 2016, ele foi eleito vereador em Ponta Grossa, onde se destacou como uma liderança jovem. Em 2021, assumiu a subprocuradoria do município de Castro após um convite do então prefeito Moacyr Fadel. Agora, Rudolf acredita que pode contribuir para um processo de renovação na política com a pré-candidatura à Câmara Federal.

OUTROS NOMES DE DESTAQUE ESTADUAL:


Beto Richa

O ex-governador do Paraná é um dos principais nomes para o legislativo federal. Após uma tentativa frustrada para o senado em 2018, busca o cargo de deputado federal pela primeira vez.

Gleisi Hoffmann

Presidente do PT, Gleisi tenta a reeleição após expressiva votação em 2018. Ela foi eleita senadora em 2010 e se tornou ministra-chefe da Casa Civil no governo de Dilma Rousseff.


Beto Preto

Secretário de Estado de Saúde no momento mais crítico do setor do último século no Paraná, Beto Preto se destacou na gestão da pandemia da Covid e tenta ser deputado pela 1ª vez. 

Deltan Dallagnol

Ex-procurador da Lava Jato, ele ganhou notoriedade durante a Operação. Pela primeira vez tenta um mandato eletivo e se apresenta candidato a deputado federal pelo Podemos.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE