PUBLICIDADE

Santuário de Nossa Senhora divulga programação da Festa da Padroeira

Evento acontece no Santuário de Nossa Senhora Aparecida do Norte do Paraná, localizado na Vila Nova de Londrina

Santuário de Nossa Senhora Aparecida divulga programação da Festa da Padroeira
Santuário de Nossa Senhora Aparecida divulga programação da Festa da Padroeira -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O Santuário de Nossa Senhora Aparecida do Norte do Paraná, localizado na Vila Nova de Londrina, está sendo preparado para a Festa da Padroeira 2022, no dia 12 de outubro, data dedicada à padroeira do Brasil. Neste ano, de modo particular, com o encerramento do Ano Jubilar, período de comemorações do Jubileu de Platina (70 anos como paróquia) e Jubileu de Prata (25 anos como Santuário). Além disso, será a primeira vez que, após o início da pandemia do coronavírus, a festividade será realizada sem restrições de público. A expectativa é reunir mais de 30 mil pessoas durante o dia, entre as missas e as atividades.

“Muitas pessoas vêm para as celebrações, algumas em peregrinação de diversos lugares do estado. Outras, passam pelo Santuário para acenderem uma vela ou para visitarem a Sala de Promessas. A fé e a devoção do povo à Nossa Senhora Aparecida são muito grande, é um fenômeno cultural e religioso”, afirma o padre Rodolfo Trisltz, pároco e reitor do Santuário. De acordo com ele, aproveitando a possibilidade de público grande, as pastorais sociais do Santuário estão pedindo que cada fiel leve 1 kg de alimento não perecível, que serão doados para entidades assistenciais.

Neste ano, o tema é “Maria, educadora e missionária”. A primeira atividade será a abertura das festividades, no dia 1º de outubro, com peregrinação da Pastoral Familiar e uma missa celebrada pelo arcebispo Dom Geremias Steinmetz, às 18h30. A partir do dia 2 até o dia 10, será realizada a tradicional novena à padroeira, com missas sempre às 7h e às 19h (às 18h30 no sábado e domingo) e, especificamente no dia 2, uma missa a mais, às 16h, celebrada pelo novo bispo de Cornélio Procópio, Dom Marcos José.

Novamente, neste ano, a tradicional bênção de carros, que era realizada no dia 12, será transformada numa carreata seguida de bênçãos, no domingo, dia 9 de outubro. Às 9h haverá missa com o arcebispo Dom Geremias Steinmetz. Logo em seguida, uma carreata sai do local percorrendo as ruas da cidade até chegar ao Santuário, momento em que se inicia a bênção de carros. A bênção será realizada até não haver mais veículos a serem abençoados.

No dia 11, será celebrada a já tradicional Véspera Solene, também com a presença do arcebispo Dom Geremias. Desta vez, a celebração será marcada pela troca do manto da imagem de Nossa Senhora Aparecida, uma prática que já é realizada anualmente no Santuário Nacional de Aparecida foi incorporada no Santuário em Londrina no ano passado: a cada ano, uma família da comunidade doa o novo manto à imagem, permanecendo com ele ao longo dos próximos 12 meses.

Quermesse

Para relembrar os primórdios do Santuário, a comunidade realizará quermesses nos finais de semana anteriores à Festa da Padroeira,  nos dias 1º e 2 de outubro e nos dias 8 e 9 de outubro, com barraquinhas de alimentos e, ao menos num deles, atrações musicais. “É uma oportunidade para as pessoas conviverem, para virem à missa e se congregarem, o que acontecia muito antigamente”, avalia o padre Rodolfo.

Feriado 12 de outubro

A programação do dia 12 de outubro terá início à 00h, com a oração do terço dos homens. Depois, haverá missas às 5h, 7h, 9h, 10h30, 13h30, 15h e 17. Às 12, haverá a consagração às crianças. E, sem as restrições de público impostas pela pandemia do coronavírus, estão de volta a procissão luminosa e a coroação da imagem de Nossa Senhora Aparecida, logo após a celebração das 17h. “Neste ano, os fieis poderão participar de todos esses momentos”, diz o padre Rodolfo.

Programação

01/10

18h30 – Abertura: Peregrinação da Pastoral Familiar com missa celebrada pelo arcebispo Dom Geremias Steinmetz

Novena a Nossa Senhora Aparecida

De 2 a 10/10 – Missas sempre a partir das 7h e das 19h (às 18h30 no sábado e domingo)

02/10 – Com Maria, construir uma igreja em saída

03/10 – Com Maria, construir uma igreja participativa

04/10 – Com Maria, construir uma igreja em Comunhão

05/10 – Com Maria, construir uma igreja que acolhe

06/10 – Com Maria, construir uma igreja de diálogo

07/10 – Com Maria, construir uma igreja fraterna

08/10 – Com Maria, construir uma igreja humana

09/10 – Com Maria, construir uma igreja amiga dos necessitados

10/10 – Com Maria, construir uma igreja com renovado ardor missionário

09/10 – Carreata e Bênção dos carros

8h – missa na paróquia São Luiz Gonzaga

9h – saída da carreata em procissão até o Santuário de Nossa Senhora Aparecida

11h – previsão de início da bênção dos carros

11/10 – Vésperas Solenes e troca do manto da imagem de Nossa Senhora Aparecida com celebração de Dom Geremias Steinmetz

Dia 12/10

00h – Terço dos homens

5h – missa

7h – missa

9h – missa

10h30 – missa

12h – Consagração das crianças

13h30 – missa

15h – missa celebrada pelo arcebispo Dom Geremias Steinmetz

17h – missa celebrada pelo arcebispo Dom Geremias Steinmetz seguida de Procissão e Coroação da imagem de Nossa Senhora Aparecida

*Arrecadação de alimentos não perecíveis nas missas do dia 12. Também podem ser doadas fraldas geriátricas.

No encerramento do Ano Jubilar, Santuário lança Centro de Ação Social Mãe Aparecida

Ao encerrar o Ano Jubilar, que celebrou o Jubileu de Platina (70 anos como Santuário) e o Jubileu de Prata (25 anos como Santuário), o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, na Vila Nova em Londrina, lança oficialmente o Centro de Ação Social Mãe Aparecida, um projeto que tem por objetivo ampliar os atendimentos realizados pelas pastorais sociais do Santuário, entre elas a da Saúde, do Idoso, da Criança, de Rua e os Vicentinos. Agora, profissionais liberais e instituições diversas poderão firmar parcerias e convênios com o Centro de Ação Social Mãe Aparecida.

“O estatuto está em cartório para fazer o registro como uma entidade civil sem fins lucrativos, com personalidade jurídica de direito privado, de caráter beneficente, filantrópico, de assistência social e promoção humana. A partir daí, poderemos realizar parcerias com instituições de ensino, com empresas públicas e privadas para ofertar serviços à comunidade em nossas dependências”, diz Alex Souza, presidente do Centro de Ação Social Mãe Aparecida. Entre os projetos, poderão ser ofertados nas áreas de saúde, educação, inclusão social, esportes, artes, além de outras.

O Centro de Ação Social Mãe Aparecida é uma iniciativa do padre Rodolfo Trisltz, pároco e reitor do Santuário, principalmente após a pandemia do coronavírus, quando observou-se um aumento no número de pessoas em situação de vulnerabilidade. “O Santuário recebeu muitos pedidos de atendimentos para ajudar as pessoas mais necessitadas nesse período, então, começamos a nos preparar para montar uma estrutura que possa dar um atendimento melhor a quem mais precisa. E estamos convocando as entidades e instituições que queiram trabalhar conosco nesse sentido”, diz o pároco e reitor.

Quem quiser ajudar pode entrar em contato com Alex Souza: (43) 98492-6453.

As informações são da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE