PUBLICIDADE

Unimed promove fórum de cuidados paliativos neste mês

Evento será híbrido e aberto a profissionais das diversas áreas da saúde. Inscrições já estão abertas

Evento tem a parceria da Unimed de Ponta Grossa, além de Cascavel, Londrina e Maringá
Evento tem a parceria da Unimed de Ponta Grossa, além de Cascavel, Londrina e Maringá -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Unimed Ponta Grossa promove, neste mês, o 1º Fórum InterRedes de Cuidados Continuados – uma abordagem sobre cuidados paliativos, em parceria com o Instituto ASAS e as Unimeds de Cascavel, Londrina e Maringá.

Em 14 e 15 de setembro, o evento será em formato on-line e irá abordar os temas: 'Nos diversos pontos de vista, temos um olhar paliativo em comum' (14); e 'O que precisamos saber sobre o direito de morrer' (15).

Já no dia 17, serão promovidas quatro oficinas presenciais, em Ponta Grossa, abordando espiritualidade, aspectos jurídicos, processos de luto e comunicação. “Envolveremos profissionais de saúde, comunidade e beneficiários na melhoria da experiência para o paciente. Teremos a presença de grandes nomes no cenário paliativo, como Luciana Dadalto, Douglas Crispim, Milena Câmara e Felipe Moraes que, sem dúvida, irão contribuir com a formação dos profissionais que atuam no cuidado centrado no paciente. Nossa expectativa é disseminar o conceito e, principalmente, como nos comunicamos por meio dos cuidados paliativos”, explica Monica Traub, gerente de Gestão em Saúde da Unimed Ponta Grossa.

Os cuidados paliativos são reconhecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e consistem na assistência ao paciente com doença sem potencial de cura, feita por uma equipe multidisciplinar, com o objetivo de proporcionar qualidade de vida, prevenção e alívio do sofrimento e sintomas físicos, sociais, psicológicos e espirituais e acolhimento da família.

No Brasil, apesar do aumento da discussão do tema, que tem resultado em um crescimento de cerca de 10% ao ano dos serviços, os números ainda são tímidos, sendo apenas 191 cobrindo 5% do país. No Paraná, o Sistema Unimed já conta com iniciativas sendo desenvolvidas, o que estimulou a criação do evento.

 “O Fórum é uma oportunidade única de integrar o conhecimento teórico com a prática durante as diferentes fases do tratamento do paciente paliativo, além de podermos discutir nossas vivências, quebrando paradigmas e comprovando a melhoria da qualidade de vida e da qualidade assistencial destes pacientes e familiares. A expectativa é fortalecer ainda mais a linha de cuidado integral e individualizado para que o paciente possa viver com plenitude e dignidade”, ressalta Cynthia Koehler, coordenadora médica da Gestão em Saúde da cooperativa.

Entender sobre cuidados paliativos contribuir para uma transformação do aspecto cultural do cuidado, uma vez que envolve e integra todos os atores do cuidado nas diferentes fases do tratamento do paciente.

Dessa forma, segundo Douglas Crispim, médico paliativista e um dos palestrantes do evento, o encontro possibilita ampliar o conceito do cuidado em rede. “Partimos de redes de atendimento, evoluímos para redes de benchmark e ampliamos para redes de network e disseminação dos conceitos certos. Quando redes diferentes se encontram, podem compartilhar experiências e dificuldades, buscando crescer juntas e fortalecerem suas bases no sistema. O encontro proporcionará conhecimento de alta qualidade para pessoas em todos os níveis de conhecimento em cuidados paliativos. Será uma oportunidade de traçar um horizonte para o planejamento estratégico de cada serviço”, finaliza.

Os profissionais das diversas áreas de atuação na saúde que tiverem interesse em participar, podem conferir a programação completa e realizar a inscrição pelo site unimedpg.com.br/forum.

Com informações: assessoria de imprensa Unimed.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE