Requião oficializa candidatura ao Governo do PR neste sábado

Em entrevista concedida ao Portal aRede, liderança ressaltou trabalhos realizados e deu mais detalhes sobre a federação entre PT, PV e PCdoB

Em entrevista concedida ao Portal aRede, liderança ressaltou trabalhos realizados e deu mais detalhes sobre a federação entre PT, PV e PCdoB
Em entrevista concedida ao Portal aRede, liderança ressaltou trabalhos realizados e deu mais detalhes sobre a federação entre PT, PV e PCdoB -

Rodolpho Bowens

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Em entrevista concedida ao Portal aRede, liderança ressaltou trabalhos realizados e deu mais detalhes sobre a federação entre PT, PV e PCdoB

O Partido dos Trabalhadores (PT), juntamente do Partido Verde (PV) e do Partido Comunista Brasileiro (PCdoB), deve oficializar a candidatura de Roberto Requião ao Governo do Estado do Paraná neste sábado (23), durante a convenção estadual das siglas. Liderança política cumpriu agenda em Ponta Grossa, nesta sexta-feira (22) e concedeu entrevista ao Grupo aRede. Na ocasião, ele falou sobre as suas motivações para estar novamente à frente do Palácio do Iguaçu. 

Durante o bate-papo, o ex-governador do Paraná, que representa os três partidos que formam a federação partidária ‘Federação Brasil da Esperança (FE Brasil)’, relatou que o Estado “não tem governo e vamos mudar isso”. Além disso, Requião falou sobre o atual chefe do Poder Executivo, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) e fez críticas ao gestor. A liderança política, além de ter sido governador do Paraná em três ocasiões, já foi prefeito de Curitiba, duas vezes deputado estadual, duas vezes senador e secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado. 

Candidatura oficial

A convenção estadual entre o PT, PV e PCdoB acontecerá neste sábado (23), a partir das 9h, de maneira virtual. A primeira parte será realizada por cada legenda, onde serão homologadas as indicações para as candidaturas destas eleições. Na sequência, às 14h, as siglas se juntam, também de forma on-line e assim oficializarão a candidatura de Roberto Requião para o Governo do Paraná. 

Na entrevista ao Grupo aRede, Requião adiantou qual será o possível nome que o acompanhará nessa candidatura (nesse caso, como vice-governador – alguém do PV). “Acho que o candidato que cresce nas opções é o ex-presidente de Itaipu, Jorge Samek”, comentou. O ex-governador também disse que uma vaga para o Senado ficará ainda em discussão, já que há as tratativas para fazer uma coligação com o Partido Democrático Trabalhista (PDT). 

Cenário nacional

Por fim, ao ser questionado sobre as eleições presidenciais, Requião reforçou seu apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que também deve ter a sua candidatura confirmada neste sábado (23). “Lula vai recomeçar o caminho civilizatório do Brasil”. “Quem votar em mim, vote no Lula também, porque só assim mudamos o Paraná e o Brasil”, concluiu a liderança política. 

A entrevista na íntegra está disponível clicando aqui. Neste ano, as eleições acontecem em 2 de outubro (1º turno) e em 30 de outubro (2º turno – caso ocorra). Serão escolhidos: presidente da República; governadores; senadores; deputados estaduais, federais e distritais.

Vice-governador indefinido

Na entrevista ao Grupo aRede, Requião adiantou qual será o possível nome que o acompanhará nessa candidatura (nesse caso, como vice-governador – alguém do PV). “Acho que o candidato que cresce nas opções é o ex-presidente de Itaipu, Jorge Samek”, comentou. O ex-governador também disse que uma vaga para o Senado ficará ainda em discussão, já que há tratativas para fazer uma coligação com o Partido Democrático Trabalhista (PDT).