Adolescente diz que esposa pagou pela morte do marido

Alex Maciel foi assassinado no último domingo (17) em Fazenda Rio Grande

Esposa do homem assassinado prestou depoimento no início da semana
Esposa do homem assassinado prestou depoimento no início da semana -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Alex Maciel foi assassinado no último domingo (17) em Fazenda Rio Grande

Um adolescente suspeito de participar da morte do comerciante Alex Maciel Camargo, 44 anos, assassinado a tiros no momento em que levava um lanche para o filho, disse em depoimento à polícia nesta quinta-feira (21) que a esposa da vítima encomendou a morte do marido. Alex foi assassinado no último domingo (17), no bairro Estados, em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A mulher prestou depoimento por quatro horas, na tarde desta quinta-feira. A polícia não revelou o que ela disse.

Em depoimento, o adolescente de 17 anos disse que ele e o atirador, de 18 anos, receberam no total R$ 1,6 mil pelo crime. O menor estaria junto com o executor na hora do crime. A motivação para a ordem, segundo ele disse à polícia, seria que que a suposta mandante estaria sendo agredida pelo marido. O jovem de 18 anos, apontado como a pessoa que disparou contra a vítima, foi identificado pela Polícia Civil e segue foragido.

A polícia não deu detalhes do depoimento da esposa. Ela foi ouvida e liberada. Na saída da delegacia, não quis falar com a imprensa. “O que tinha que falar disse pra polícia. Não tenho nada pra falar com vocês”, afirmou no momento que deixava o local de moto.

O crime

O crime aconteceu por volta das 19h40, na Avenida Paraná, e a vítima foi assassinada enquanto voltava para casa após comprar salgadinhos para os filhos.

Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento do crime. No vídeo, é possível ver que o atirador vai até a vítima a pé. Quando Alex percebe, ele tenta correr, mas é baleado com, pelo menos, dois tiros em curta distância e cai no meio da rua. Em seguida, o assassino foge.

O horário da câmera que registra o assassino fugindo não está sincronizado, mas segundo a investigação, como existem outras imagens é possível determinar a ordem dos fatos.

Alex tinha uma loja de açaí em Fazenda Rio Grande. De acordo com testemunhas, o rapaz saiu de casa para comprar salgadinhos para os filhos e, quando retornava, foi surpreendido pelo atirador.

Vizinhos ouviram os tiros e encontraram Alex caído no meio da rua. O socorro médico chegou a ser acionado, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Quem tiver alguma informação pode ajudar a Polícia através dos telefones 181 e 197.

As informações são da Rádio Banda B