Estado e Klabin iniciam obra de 3ª faixa entre Telêmaco e Imbaú

Termo de compromisso oficializado este mês dá início à execução de obras nos Campos Gerais, em um valor total de até R$ 450 milhões. Pacote inclui terceiras faixas, viadutos e contornos.

Parceria entre Estado e Klabin vai iniciar com terceiras faixas entre Telêmaco Borba e Imbaú - Termo de compromisso oficializado este mês dá início à execução de obras nos Campos Gerais, em um valor total de até R$ 450 milhões. Pacote inclui terceiras faixas, viadutos e contornos -
Parceria entre Estado e Klabin vai iniciar com terceiras faixas entre Telêmaco Borba e Imbaú - Termo de compromisso oficializado este mês dá início à execução de obras nos Campos Gerais, em um valor total de até R$ 450 milhões. Pacote inclui terceiras faixas, viadutos e contornos - -

Agência Estadual de Notícias

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Termo de compromisso oficializado este mês dá início à execução de obras nos Campos Gerais, em um valor total de até R$ 450 milhões. Pacote inclui terceiras faixas, viadutos e contornos.

O Estado do Paraná e a Klabin S.A. oficializaram o termo de compromisso que dá início à execução de obras rodoviárias nos Campos Gerais em um valor total de até R$ 450 milhões. A nova parceria, que tem como intermediários a Secretaria da Infraestrutura e Logística, o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) e a Secretaria da Fazenda, está integrada ao Projeto Puma II, de expansão das operações da empresa na região de Ortigueira.

A primeira obra, já com o projeto pronto e aprovado pelo DER/PR, será de implantação de terceiras faixas na PR-160, entre Telêmaco Borba e Imbaú, em uma extensão de 12,48 quilômetros, com investimento previsto de R$ 27.992.000,00. “Este é um processo sendo trabalhado desde 2019, envolvendo várias secretarias e setores do Governo do Estado do Paraná e a Klabin, já uma grande parceira do DER/PR em outras obras e projetos. A primeira obra começa já nas próximas semanas, mas a parceria será de longo prazo, com vigência até o final de 2026 e 16 obras ao todo planejadas para esse período”, afirma o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Fernando Furiatti.

“As obras foram definidas de acordo com os critérios estabelecidos pelo Governo do Estado, que também atribuiu uma ordem preferencial de execução. O objetivo é beneficiar a logística, a segurança no tráfego e o desenvolvimento de comunidades vizinhas às operações da Klabin, reafirmando nosso compromisso com o desenvolvimento regional”, afirma Francisco Razzolini, diretor de Tecnologia, Inovação e Sustentabilidade da Klabin.

A lista de projetos contemplados, e a ordem preferencial de execução, foi publicada no Diário Oficial do Paraná do dia 10 de junho. Estão previstos projetos de restauração de rodovias, construção de pontes, rotatórias e viadutos em diversas cidades dos Campos Gerais.

Entre as obras a serem realizadas estão a implantação de 12 quilômetros de terceira faixa da PR-160, entre Telêmaco Borba e Imbaú; a restauração e terceira faixa da PR-340, entre Telêmaco Borba e Tibagi, com a construção de duas pontes; a pavimentação da margem direita da estrada que liga Harmonia à Unidade Puma da Klabin; a implantação de trechos de terceiras faixas da PR-160, entre Telêmaco Borba e Curiúva, com a construção de uma ponte; a construção de um contorno de Ventania; e a urbanização de trecho em Telêmaco Borba (trincheira Vila Osório) entre outras.

“Estamos acompanhando de perto a elaboração dos projetos de engenharia das novas obras, garantindo que sigam os padrões vigentes para intervenções em rodovias. São obras que vão desafogar o tráfego de veículos em trechos utilizados pela Klabin e pelos habitantes de diversas regiões dos Campos Gerais, e que também vão proporcionar muito mais segurança e agilidade aos usuários”, explica o diretor-geral do DER/PR, Alexandre Castro Fernandes

Papel

A Klabin S.A. é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens e embalagens de papel do Brasil. Na última década, os investimentos da companhia no Paraná superaram a marca de R$ 20 bilhões.

Em anos anteriores, a empresa executou a obra de terceiras faixas em segmentos da PR-160 em Telêmaco Borba, e uma trincheira no mesmo município. A Klabin executou, ainda, as obras de recuperação de talude e reconstrução de pavimento na PR-340, em Tibagi, trecho que chegou a ficar interditado devido a deslizamento de terra.

Além disso, por meio de convênio com o DER/PR, a empresa realizou serviços de conservação e adequação da PR-092, no trecho não-pavimentado entre Jaguariaíva e Doutor Ulysses. A Klabin também doou ao DER/PR o projeto executivo de pavimentação da PR-160 entre Imbaú e Reserva, obra atualmente em andamento.

Com informações da Agência Estadual de Notícias