PUBLICIDADE

Deputados de PG exaltam aprovação de projeto

Parlamentares ponta-grossenses votaram a favor do novo piso salarial para categoria Parlamentares ponta-grossenses votaram a favor do novo piso salarial para categoria

Aliel Machado e Sandro Alex repercutem votação na Câmara Federal
Aliel Machado e Sandro Alex repercutem votação na Câmara Federal -

Leticia Cabral

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Parlamentares ponta-grossenses votaram a favor do novo piso salarial para categoria

 A Câmara dos Deputados aprovou na última quarta-feira (4), por 449 votos a 12, a criação do piso salarial de enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras (PL 2564/20). A proposta deve seguir para sanção presidencial, mas ainda depende de acordo sobre fontes de financiamento.

“Conforme assumido com a enfermagem brasileira, não será na semana que vem que este projeto seguirá para sanção presidencial, mas sim tão logo garantirmos o respectivo financiamento”, disse a relatora da proposta, deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC).

O projeto aprovado pelos deputados define como salário mínimo inicial para os enfermeiros o valor de R$ 4.750, a ser pago nacionalmente pelos serviços de saúde públicos e privados. Nos demais casos, haverá proporcionalidade: 70% do piso dos enfermeiros para os técnicos de enfermagem; e 50% para os auxiliares de enfermagem e as parteiras.

O texto prevê ainda a atualização monetária anual do piso da categoria com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e assegura a manutenção de salários eventualmente superiores ao valor inicial sugerido, independentemente da jornada de trabalho para a qual o profissional tenha sido contratado.

Como votaram os ponta-grossenses

Os deputados federais, Aliel Machado (PV) e Sandro Alex ( PSD) votarão a favor do novo piso para os profissionais da área da enfermagem. Aliel comemorou a aprovação do projeto que era uma luta da classe há anos.

“Esta é uma luta de anos, que tenho orgulho em defender desde o primeiro ano de mandato. Os profissionais, fundamentais para o país (tão evidente durante a pandemia), merecem todo respeito e valorização. Eles são chamados super-heróis. Mas a verdade é que eles são pais e mães de família e precisam ser valorizados”, disse Aliel. 

Para Sandro Alex, é uma reivindicação justa, até mesmo como reconhecimento aos profissionais. “Desde o primeiro mandato sou signatário dos projetos de enfermagem, e justo até como forma de reconhecimento, que ao longo da pandemia trabalhou muito. E uma vitória da classe, da saúde pública do Brasil”, afirmou Sandro Alex que lembrou esse pedido dos profissionais durava 20 anos.

 Com informações da Agência de Notícias da Câmara

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE