aRedeShopping aRedeNegócios Jornal da Manhã

Cotidiano

Ainda não há estudos conclusivos sobre a eficácia da segunda dose de reforço.

Foto: abio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images

Da Redação | Cotidiano | 26/01/2022 as 11:37h

Saúde avalia aplicar 4ª dose em idosos e profissionais da saúde

Ainda não há estudos conclusivos sobre a eficácia da segunda dose de reforço

A Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização Covid-19 (Ctai) começa a discutir esta semana a possibilidade de aplicação da segunda dose de reforço — que seria a quarta dose — da vacina contra covid-19 no Brasil em idosos e profissionais da saúde.

A Ctai foi criada pelo Ministério da Saúde para auxiliar no combate à pandemia no país. Uma nota técnica da pasta, emitida em dezembro, recomenda a quarta dose apenas para pessoas imunossuprimidas, que devem receber a vacina quatro meses após o primeiro reforço.

No momento, Chile e Israel já adotam a quarta dose e países como Alemanha e Estados Unidos estudam a possibilidade, frente ao aumento de casos promovido pela variante Ômicron.

Segundo o infectologista Renato Kfouri, diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), que também integra a Ctai, o grupo irá analisar se há necessidade da quarta dose para idosos e profissionais da saúde, além de qual deveria ser o intervalo entre as doses de reforço.

Ainda não foram publicados estudos conclusivos sobre a necessidade de se aplicar uma quarta dose nestes grupos. As principais informações vêm de Israel, que já vacina maiores de 60 anos com a quarta dose. Além disso, um painel consultivo do Ministério da Saúde israelense recomendou nesta terça-feira (25) a segunda dose de reforço para todos os adultos, que deverá ser aplicada cinco meses após a terceira dose.

Pesquisadores israelenses identificaram que as pessoas que receberam uma quarta dose do imunizante apresentaram de três a cinco vezes mais proteção contra quadros graves de covid-19, em relação àqueles que receberam três doses. De acordo com eles, a defesa contra a infecção pelo vírus aumentou duas vezes.

Para o chefe do departamento de Infectologia da Unesp, Alexandre Naime Barbosa, “muito provavelmente” a quarta dose será aprovada.

“Os imunossuprimidos têm dificuldade de produzir anticorpos e de mantê-los por mais tempo, o que torna a resposta vacinal menos intensa e mais efêmera. Para a população em geral não existe um consenso sobre necessidade”, explicou ao jornal O Globo. “O mais próximo disso são os idosos, que em algum grau também são imunossuprimidos, porque vivem a imunossenescência [envelhecimento do sistema imunológico]”.

Enquanto isso, a epidemiologista Carla Domingues, que coordenou o Programa Nacional de Imunizações (PNI) entre 2011 e 2019, avalia que é necessário esperar a publicação de mais estudos sobre o assunto.

“Estamos perdendo o foco, nem termina uma etapa da vacinação e já começa outra. Se surgirem evidências de que há uma nova variante que exige quarta dose, é o que vamos fazer. Mas nenhum estudo mostra isso ainda”, afirmou ao jornal.

Com informações: Yahoo!Notícias.

email sharing button
email sharing button
email sharing button
email sharing button

PUBLICIDADE

Recomendados

La Belli Master Hall promove festa com diversas atrações nacionais
São Camilo promove simpósio sobre segurança do paciente
Strasburger promove Festival Alemão neste sábado
Publicidade
Empresa de PG promove o 1º curso sobre nova lei de licitações
Veste 10 oferece qualidade e preço baixo em PG
Cara Nova é destaque na oferta de materiais de construção
PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Campos Gerais 23/05/2022 ás 19:44h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 19:39h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 19:13h
Publicidade
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 19:02h
Vamos Ler 23/05/2022 ás 19:01h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 18:18h
Empregos 23/05/2022 ás 18:04h
Publicidade
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 18:03h
Bom Dia Astral 23/05/2022 ás 18:00h
Campos Gerais 23/05/2022 ás 17:54h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 17:50h
Ver Mais
PUBLICIDADE

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 23/05/2022 ás 17:45h

Vereadores processam Stocco por declaração na ‘CPI da VCG’

Ponta Grossa 23/05/2022 ás 17:10h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 15:48h
PUBLICIDADE
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 15:44h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 15:15h
Ponta Grossa 23/05/2022 ás 14:56h
PUBLICIDADE

COTIDIANO

Cotidiano | 23/05/2022 ás 15:17h

Ratinho Jr. destaca papel do Sul para crescimento do Brasil

Cotidiano 23/05/2022 ás 12:58h
Cotidiano 23/05/2022 ás 11:57h
PUBLICIDADE
Cotidiano 23/05/2022 ás 11:13h
Cotidiano 23/05/2022 ás 11:13h
Cotidiano 23/05/2022 ás 10:59h
PUBLICIDADE

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 23/05/2022 ás 17:25h

Jaguariaíva entrega 150 novos notebooks o setor de ensino

Campos Gerais 23/05/2022 ás 17:08h
Campos Gerais 23/05/2022 ás 16:25h
PUBLICIDADE
Campos Gerais 23/05/2022 ás 15:38h
Campos Gerais 23/05/2022 ás 15:23h
Campos Gerais 23/05/2022 ás 09:58h
PUBLICIDADE

MIX

Mix | 23/05/2022 ás 15:53h

Autora de 'como matar seu marido' é julgada por morte de esposo

Mix 21/05/2022 ás 09:00h
Mix 21/05/2022 ás 06:30h
PUBLICIDADE
Mix 20/05/2022 ás 18:53h
Mix 20/05/2022 ás 18:51h
Mix 20/05/2022 ás 06:30h
PUBLICIDADE

ESPORTE

Esporte | 23/05/2022 ás 10:27h

Atleta de PG leva Campeonato Paranaense de Taekwondo

Esporte 22/05/2022 ás 10:32h
Esporte 20/05/2022 ás 15:30h
PUBLICIDADE
Esporte 20/05/2022 ás 13:15h
Esporte 20/05/2022 ás 10:23h
Esporte 19/05/2022 ás 15:44h
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

VAMOS LER

Vamos Ler | 23/05/2022 ás 19:01h

Trânsito seguro é tema em Jaguariaíva junto ao Vamos Ler

PUBLICIDADE

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 23/05/2022 ás 18:00h

Confira seu horóscopo desta terça-feira (24/05)

EMPREGOS

Empregos | 23/05/2022 ás 18:04h

Confira as vagas de emprego desta terça-feira (24/05)

PUBLICIDADE

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 20/05/2022 ás 21:28h

Corpos sob viaduto e homicídio marcam a sexta em PG

Ponta Grossa 21/05/2022 ás 09:16h
Ponta Grossa 19/05/2022 ás 20:32h
Bom Dia Astral 20/05/2022 ás 18:00h
Campos Gerais 21/05/2022 ás 08:15h
PUBLICIDADE