Flávio Bolsonaro tinha despesas pessoais pagas por Queiroz | A Rede - Aconteceu. Tá na aRede! Portal aRede - Aconteceu! Tá na aRede!
Publicidade

Cotidiano

O Ministério Público suspeita que o ex-assessor operava um esquema de “rachadinha” -em que funcionários são coagidos a devolver parte de seus salários no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio.

Foto: Reprodução/EBC

Da Redação | Cotidiano | 05/08/2020 as 12:00h

Flávio Bolsonaro tinha despesas pessoais pagas por Queiroz

Questionado sobre ter despesas pessoais pagas por Queiroz, Flávio disse: "Pode ser que, porventura, eu tenha mandado, sim, o Queiroz pagar uma conta minha"

Em entrevista ao jornal O Globo, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) admitiu que Fabrício Queiroz, seu ex-assessor na Assembleia Legislativa do Rio, pagava suas contas pessoais.

Mas, segundo o filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a origem desse dinheiro é lícita, sem nenhuma ligação com possíveis desvios investigados pelo Ministério Público do Rio de Janeiro em esquema de “rachadinha” em seu antigo gabinete na Assembleia.

Queiroz, que é policial militar aposentado e ex-assessor do atual senador, foi preso no dia 18 de junho em um imóvel do advogado Frederick Wassef, responsável pelas defesas de Flávio e do presidente, em Atibaia (interior de São Paulo).

Queiroz e Jair Bolsonaro se conheceram no Exército e são amigos há mais de 30 anos. Foi por meio de Jair que o ex-assessor ingressou no gabinete de Flávio.

No dia 10 de julho, Queiroz deixou o Complexo Penitenciário de Gericinó, no Rio de Janeiro, para cumprir prisão domiciliar. O presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), João Otávio de Noronha, concedeu o benefício a pedido da defesa.

Questionado pelo jornal sobre ter despesas pessoais pagas por Queiroz, Flávio disse: “Pode ser que, porventura, eu tenha mandado, sim, o Queiroz pagar uma conta minha. Eu pego dinheiro meu, dou para ele, ele vai ao banco e paga para mim. Querer vincular isso a alguma espécie de esquema que eu tenha com o Queiroz é como criminalizar qualquer secretário que vá pagar a conta de um patrão no banco. Não posso mandar ninguém pagar uma conta para mim no banco?".

O Ministério Público suspeita que o ex-assessor operava um esquema de “rachadinha” -em que funcionários são coagidos a devolver parte de seus salários no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio. O filho de Bolsonaro foi deputado estadual de fevereiro de 2003 a janeiro de 2019.

No pedido de prisão de Queiroz, a Promotoria indica que o dinheiro em espécie obtido com o suposto esquema teria sido utilizado em benefício pessoal de Flávio Bolsonaro, para quitar contas de plano de saúde e mensalidade da escola das filhas.

Os possíveis crimes apontados pelo MP-RJ são peculato, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio e organização criminosa.

Também indagado pelo jornal por que tantos assessores de seu gabinete deram dinheiro a Queiroz, o senador afirmou: “Ele fez um posicionamento junto ao MP (do Rio) esclarecendo essas questões. Disse que as pessoas que faziam os depósitos na conta dele eram da chamada equipe de rua. Queiroz afirma que pegava o dinheiro para fazer a subcontratação de outras pessoas para trabalharem em redutos onde ele tinha força. Sempre fui bem votado nesses locais. Talvez tenha sido um pouco relaxado de não olhar isso mais de perto, deixei muito a cargo dele”.

“Mas é obvio que, se soubesse que ele fazia isso, jamais concordaria. Até porque não precisava, meu gabinete sempre foi muito enxuto, e na Assembleia existia a possibilidade de desmembrar cargos. Outra coisa importante: mais de 80% dos recursos que passaram pelo Queiroz são de familiares dele. Então, qual o crime que tem de o cara ter um acordo com a mulher, com a filha, para administrar o dinheiro?”

Segundo o Ministério Público do Rio, 11 assessores vinculados ao então deputado estadual Flávio Bolsonaro repassaram ao menos R$ 2 milhões a Queiroz, no período de 2007 a 2018, sendo a maior parte por meio de depósitos em espécie. A Promotoria aponta o ex-assessor como o operador do esquema da “rachadinha”.

No mesmo período, no entanto, Queiroz sacou R$ 2,9 milhões, o que indica que o volume entregue a ele pode ter sido maior. Por isso, o MP-RJ ressalta que o esquema pode não ter se limitado aos 11 assessores identificados pelos registros bancários.

Informações Banda B/Folha Press

email sharing button
email sharing button
email sharing button
email sharing button

Publicidade

Recomendados

Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cotidiano 20/09/2020 ás 19:26h
Publicidade
Ponta Grossa 20/09/2020 ás 18:04h
Publicidade
Publicidade

LIVES RECENTES

Ao Vivo
ao vivo | 18/09/2020 ás 18:44h

Mercado imobiliário se reinventou e garantiu crescimento nas vendas durante a pandemia

Assista ao É Notícia desta sexta-feira
Professor Edson quer uma PG mais inclusiva
Médica ajuda mulheres a engravidarem após menopausa
Ver Mais
Publicidade

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 20/09/2020 ás 13:20h

Batida entre carro e moto deixa casal ferido em Uvaranas

Ponta Grossa 20/09/2020 ás 11:40h
Ponta Grossa 20/09/2020 ás 09:37h
Publicidade
Ponta Grossa 20/09/2020 ás 09:10h
Ponta Grossa 20/09/2020 ás 08:30h
Ponta Grossa 20/09/2020 ás 07:50h
Publicidade

COTIDIANO

Cotidiano | 20/09/2020 ás 14:10h

Quadrilha especializada em roubo de cargas no PR é presa

Publicidade
Cotidiano 19/09/2020 ás 17:23h
Publicidade

VÍDEOS

Vamos Ler | 16/09/2020 ás 17:30h

‘Buffet de frutas’ incentiva aprendizado do espanhol

Ver Mais

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 20/09/2020 ás 12:31h

Documentário exibe inovações de museu da região

Campos Gerais 19/09/2020 ás 18:30h
Campos Gerais 18/09/2020 ás 21:30h
Publicidade
Campos Gerais 18/09/2020 ás 21:00h
Campos Gerais 18/09/2020 ás 20:15h
Campos Gerais 18/09/2020 ás 14:23h
Publicidade

MIX

Mix | 19/09/2020 ás 05:55h

Cine Teatro Ópera celebra 70 anos em Ponta Grossa

Publicidade
Publicidade

ESPORTE

Esporte | 20/09/2020 ás 10:16h

Nacional de Rolândia e Toledo perdem na estreia da Série D

Esporte 19/09/2020 ás 21:58h
Publicidade
Esporte 18/09/2020 ás 07:26h
Publicidade

INSANA

Insana | 23/08/2020 ás 17:01h

Vendedora de mel é notificada por usar foto de ator em rótulo

Insana 06/08/2020 ás 13:37h
Publicidade
Insana 20/07/2020 ás 14:01h
Publicidade

VAMOS LER

Vamos Ler | 16/09/2020 ás 17:30h

‘Buffet de frutas’ incentiva aprendizado do espanhol

AGRONEGÓCIO

Agronegócio | 19/09/2020 ás 20:28h

Adapar alerta sobre recebimento de sementes não encomendadas

Publicidade

ROMULO CURY

Romulo Cury | 19/09/2020 ás 06:30h

Confira a Coluna RC deste Sábado (19-09)

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 20/09/2020 ás 06:00h

Confira seu horóscopo para este Domingo (20/09)

EMPREGOS

Empregos | 20/09/2020 ás 08:00h

Vagas na Agência do Trabalhador para Segunda-feira (21/09)

Publicidade

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 18/09/2020 ás 12:01h

Morte de rapaz entristece e comove amigos em PG

Ponta Grossa 14/09/2020 ás 18:10h
Bom Dia Astral 14/09/2020 ás 06:00h
Bom Dia Astral 19/09/2020 ás 06:00h
Ponta Grossa 14/09/2020 ás 10:35h
Publicidade
Publicidade