Portal aRede - Aconteceu! Tá na aRede!
Publicidade

Cotidiano

Pela decisão, Geddel deverá continuar preso em função da condenação e ainda deverá pagar R$ 1,6 milhão como pena pecuniária pela condenação Foto: Reprodução/Agência Brasil
Agência Brasil | Cotidiano | 23/10/2019 as 10:40h

STF condena ex-ministro Geddel a 14 anos de prisão

Irmão de Geddel recebeu pena de 10 anos e seis meses

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nessa terça (22) o ex-ministro Geddel Vieira Lima a 14 anos e dez meses de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa na ação penal do caso relacionado aos R$ 51 milhões em espécie encontrados pela Polícia Federal (PF) em um apartamento há dois anos. No mesmo julgamento, o ex-deputado Lúcio Vieira Lima, irmão de Geddel, recebeu pena de 10 anos e seis meses de prisão. 

Pela decisão, Geddel deverá continuar preso em função da condenação e ainda deverá pagar R$ 1,6 milhão como pena pecuniária pela condenação. Lúcio, que responde ao processo em liberdade, também foi condenado ao pagamento de R$ 908 mil. Cabe recurso contra a decisão no próprio Supremo. 

A pena de lavagem foi definida por unanimidade pelos ministros. No caso da associação criminosa, os ministros Edson Fachin, Celso de Mello e Cármen Lúcia votaram pela condenação, enquanto Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski se manifestaram pela absolvição. 

A denúncia contra Geddel e Lúcio foi apresentada ao STF pela ex-procuradora-geral da República Raquel Dodge. Na acusação, Dodge sustentou que o dinheiro apreendido seria proveniente de esquemas de corrupção na Caixa Econômica Federal investigados em outras ações penais. Geddel foi vice-presidente do banco. Outra parte teria sido acumulada por Lúcio Vieira Lima, que teria se apropriado de parte do salário do ex-assessor parlamentar Job Brandão.

Além do dinheiro encontrado, mais R$ 12 milhões teriam sido lavados por Geddel e Lúcio por meio de investimentos em imóveis de alto padrão em Salvador. 

No processo, o ex-assessor de Lúcio Vieira, Job Brandão, e o empresário Luiz Fernando Costa Filho, sócio da construtora que recebeu investimentos de Geddel, foram absolvidos das acusações de lavagem e associação. 

Defesa

No início do julgamento, o advogado Gamil Föppel, representante da família, disse que Geddel está preso há dois anos e que o Ministério Público Federal nunca se conformou com a liberdade do ex-ministro. O advogado também criticou a perícia feita pela Polícia Federal, que não teria seguido os trâmites legais ao encontrar fragmentos de digitais de Geddel em um saco de plástico que continha dinheiro.

"Tenho absoluta certeza que, se respeitadas as regras processuais, não há outra alternativa senão absolver todos os réus de todas as imputações que foram feitas", disse.


Publicidade

Recomendados

Publicidade

LIVES RECENTES

ao vivo | 20/11/2019 ás 18:19h

George questiona decisão da Sanepar sobre tarifa mínima

Ver Mais
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bom Dia Astral 22/11/2019 ás 07:00h
Cotidiano 21/11/2019 ás 21:23h
Publicidade
Ponta Grossa 21/11/2019 ás 21:10h
Ponta Grossa 21/11/2019 ás 19:55h
Ponta Grossa 21/11/2019 ás 19:50h
Ponta Grossa 21/11/2019 ás 18:57h
Publicidade
Ponta Grossa 21/11/2019 ás 18:24h
Publicidade

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 21/11/2019 ás 17:18h

IFPR confirma instalação de campus em PG

Publicidade
Ponta Grossa 21/11/2019 ás 16:33h
Ponta Grossa 21/11/2019 ás 16:20h
Publicidade

COTIDIANO

Cotidiano | 21/11/2019 ás 15:56h

Gugu Liberato sofre acidente e é internado em estado grave

Publicidade
Cotidiano 21/11/2019 ás 08:41h
Publicidade

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 21/11/2019 ás 17:38h

Carambeí Digital recebe prêmio Projeto Inovador

Campos Gerais 21/11/2019 ás 15:40h
Campos Gerais 21/11/2019 ás 12:12h
Publicidade
Campos Gerais 21/11/2019 ás 11:00h
Campos Gerais 21/11/2019 ás 07:57h
Publicidade

MIX

Mix | 21/11/2019 ás 11:00h

A Fazenda alcança 100 milhões de pessoas em 2019

Publicidade
Publicidade

ESPORTE

Esporte | 21/11/2019 ás 16:00h

Lutadora de PG garante vaga no Campeonato Brasileiro de Judô

Publicidade
Publicidade

INSANA

Insana | 21/11/2019 ás 15:42h

Jovem descobre que gatinho adotado era um puma selvagem

Publicidade
Publicidade

VAMOS LER

Vamos Ler | 21/11/2019 ás 17:10h

Gestoras exaltam família na educação dos alunos durante premiação

AGRONEGÓCIO

Agronegócio | 20/11/2019 ás 21:05h

Apenas 15% dos produtores atualizaram seu rebanho

Publicidade

ROMULO CURY

homem | 21/11/2019 ás 10:20h

Novembro Azul: câncer de mama também atinge homens

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 22/11/2019 ás 07:00h

Confira seu horóscopo para esta sexta-feira (22/11)

EMPREGOS

Empregos | 21/11/2019 ás 09:00h

Vagas na Agência do Trabalhador para quinta-feira (21/11)

Publicidade

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 19/11/2019 ás 14:03h

Criança reencontra cão desaparecido em PG; veja reação

Ponta Grossa 16/11/2019 ás 16:59h
Ponta Grossa 17/11/2019 ás 11:00h
Ponta Grossa 19/11/2019 ás 14:23h

VÍDEOS

Vamos Ler | 21/11/2019 ás 17:10h

Gestoras exaltam família na educação dos alunos durante premiação

Ponta Grossa 20/11/2019 ás 17:44h
Publicidade