Exército pode dispensar mais de 25 mil recrutas | A Rede - Aconteceu. Tá na aRede! Portal aRede - Aconteceu! Tá na aRede!
Publicidade

Cotidiano

A dispensa dos soldados, prevista em todo o País, tem como consequência direta o agravamento do quadro de desemprego

Foto: Reprodução/Agência de Notícias do Paraná

Da Redação | Cotidiano | 17/08/2019 as 19:42h

Exército pode dispensar mais de 25 mil recrutas

A situação vem sendo discutida pelo Alto-Comando do Exército em Brasília e o presidente Jair Bolsonaro


Com parte de seus recursos contingenciada, o Exército poderá ser obrigado a dispensar pelo menos 25 mil dos 80 mil recrutas no início de outubro, antecipando a primeira baixa, que estava prevista para dezembro. Caso não haja descongelamento de verbas, a Força também prevê reduzir operações militares e cortar expediente dos que ficarem.

A dispensa dos soldados, prevista em todo o País, tem como consequência direta o agravamento do quadro de desemprego. A situação é mais grave em cidades do interior em que jovens dependem do trabalho nos quartéis. A situação foi discutida na semana passada pelo Alto-Comando do Exército em Brasília, com a presença de 16 generais. O presidente Jair Bolsonaro tem sido informado das dificuldades.

Nesta sexta-feira (16), ao embarcar para Resende (RJ), o presidente citou a situação dos militares. “Nós estamos aqui tentando sobreviver ao corrente ano. Não tem dinheiro. Eu já sabia disso e fui fazendo milagre, conversando com a equipe econômica com o que podemos fazer para sobreviver. O Exército vai entrar em meio expediente, não tem comida para dar ao recruta, que é filho de pobre”, disse.

Bolsonaro acrescentou que “a situação em que nos encontramos é grave, não há maldade da minha parte, não tem dinheiro, só isso, mais nada”. Na visita do presidente à escola onde estudou, os generais, mais uma vez, pretendem tratar do tema com o chefe do Executivo.

A situação no Exército foi agravada com o contingenciamento, no primeiro semestre, de R$ 180 milhões que seriam destinados a despesas. Segundo os militares, a redução contínua no orçamento da Força – neste ano é de R$ 620 milhões, mesmo valor de 2009 -, futuramente pode comprometer até mesmo gastos do dia a dia, como contas de luz, gás, telefone, combustível e até munição.

Na quinta-feira (15), em seu discurso na transmissão do cargo de secretário de Economia e Finanças do Exército, o general Marcos Antônio Amaro advertiu que “os insuficientes recursos no orçamento para aquisição e manutenção dos meios e para desenvolvimento das atividades da Força vêm reduzindo a sua operacionalidade a patamares inadequados às suas missões constitucionais e subsidiárias”. Amaro assumiu o Comando Militar do Sudeste, em São Paulo, no lugar do general Luis Eduardo Ramos, que foi alçado a ministro da Secretaria de Governo de Bolsonaro.

 

Alternativas

Embora a redução do expediente seja uma das alternativas discutidas para conter gastos, a medida é considerada pouco efetiva. Isso porque a economia de um dia parado – R$ 2 milhões – é pequena diante do montante que a Força precisa para pagar suas contas. O Exército tem 653 unidades militares e, mesmo que a maior parte delas suspenda as atividades, não é possível se deixar de operar os batalhões de fronteira, as escolas e os hospitais.


Com informações do Estadão

email sharing button
email sharing button
email sharing button
email sharing button

Publicidade

Recomendados

Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Publicidade
Agronegócio 05/08/2020 ás 20:18h
Ponta Grossa 05/08/2020 ás 19:59h
Campos Gerais 05/08/2020 ás 19:46h
Publicidade
Publicidade

LIVES RECENTES

Ao Vivo
ao vivo | 05/08/2020 ás 18:10h

Saiba os destaques desta quarta em aRede.Info

Pai diz que médico do PSM não retirou madeira da perna do filho
SindServ critica possível retorno das aulas presenciais em PG
Rotary Club Alagados promove evento beneficente
Ver Mais
Publicidade

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 05/08/2020 ás 18:22h

SindServ diz que aulas presenciais não retornam em PG

Ponta Grossa 05/08/2020 ás 17:20h
Publicidade
Ponta Grossa 05/08/2020 ás 17:06h
Ponta Grossa 05/08/2020 ás 16:20h
Publicidade

COTIDIANO

Cotidiano | 05/08/2020 ás 17:00h

Caminhoneiro envolvido em tragédia dirigia dentro do limite

Publicidade
Publicidade

VÍDEOS

Cotidiano | 04/08/2020 ás 14:59h

Vídeos mostram explosão em zona portuária de Beirute

Ver Mais

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 05/08/2020 ás 15:18h

Motorista morre após grave acidente na Serra da Esperança

Campos Gerais 05/08/2020 ás 13:40h
Publicidade
Campos Gerais 05/08/2020 ás 10:43h
Campos Gerais 05/08/2020 ás 10:28h
Publicidade

MIX

Mix | 05/08/2020 ás 10:54h

Crônicas dos Campos Gerais: ‘O menino que vi’

Publicidade
Publicidade

ESPORTE

Esporte | 05/08/2020 ás 08:18h

Bragantino vence Guarani e conquista Troféu do Interior

Esporte 03/08/2020 ás 15:13h
Publicidade
Esporte 01/08/2020 ás 19:11h
Publicidade

INSANA

Insana | 21/07/2020 ás 14:46h

Nuvem de formigas voadoras é identificada em mapa

Insana 20/07/2020 ás 14:01h
Publicidade
Insana 08/07/2020 ás 14:24h
Publicidade

VAMOS LER

Vamos Ler | 27/07/2020 ás 13:10h

Materiais conscientizam sobre a Covid-19 em 5º ano B

AGRONEGÓCIO

Agronegócio | 05/08/2020 ás 20:18h

VBP do Paraná cresce 9% e atinge recorde de R$ 97 bi

Publicidade

ROMULO CURY

Romulo Cury | 05/08/2020 ás 06:30h

Confira a Coluna RC desta Quarta-Feira (05-08)

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 05/08/2020 ás 06:00h

Confira seu horóscopo para esta Quarta-feira (05/08)

EMPREGOS

Empregos | 05/08/2020 ás 16:59h

Vagas na Agência do Trabalhador para Quinta-feira (06/08)

Publicidade

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 05/08/2020 ás 17:06h

TJ condena professor de PG por fraudar o ponto

Bom Dia Astral 05/08/2020 ás 06:00h
Ponta Grossa 04/08/2020 ás 20:30h
Publicidade
Publicidade