PUBLICIDADE

Sicredi Campos Gerais atinge R$ 6 bi em recursos administrados

Valor quase dobrou em relação aos R$ 3,2 bilhões em recursos administrados ao final de 2020. Cooperativa superou 110 mil cooperados, teve resultado de R$ 127,3 milhões e distribuirá R$ 36,9 milhões aos associados

Cooperativa sediada em Ponta Grossa passou a se chamar Sicredi Campos Gerais e Grande Curitiba PR/SP
Cooperativa sediada em Ponta Grossa passou a se chamar Sicredi Campos Gerais e Grande Curitiba PR/SP -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Sicredi Campos Gerais e Grande Curitiba, com sede regional em Ponta Grossa, inicia nesta segunda-feira (23) as assembleias referentes a 2022, com a prestação de contas aos associados, de valores e resultados recordes e históricos para a cooperativa. Entre os destaques da cooperativa em 2022 foi alcançar a marca de R$ 6 bilhões em recursos administrados, com um crescimento de 46,3% na comparação com os R$ 4,1 bilhões registrados em 2021. Em relação ao valor do final de 2020, que foi de R$ 3,2 bilhões, a cooperativa quase dobrou de valor em um período de 24 meses, ainda sob o impacto do coronavírus. Os números constam no relatório anual divulgado pela Cooperativa.

A soma de crédito geral e rural alcançou R$ 3,6 bilhões ao final do ano passado, apresentando uma alta de 24,1% sobre os R$ 2,9 bilhões de 2021. Somente em poupança, os depósitos alcançaram R$ 729,7 milhões, após crescer 13,7% sobre os R$ 641,7 milhões registrados em 2021, e o patrimônio líquido cresceu 30,5% e atingiu R$ 589,6 milhões. Com toda a evolução, os ativos totais do Sicredi Campos Gerais alcançaram R$ 6,3 bilhões em ativos totais, valor que aumentou R$ 2,9 bilhões em relação aos R$ 3,4 bilhões de 2020.

Parte desse crescimento é explicado pelo aumento no número de associados e a abertura de novas agências, agora totalizando 40 em sua área de atuação. Se em 2020 eram 80,7 mil, e em 2021 eram 95,6 mil, agora, ao final de 2022, a cooperativa alcançou 113,7 mil pessoas, demandando de novas contratações: A Sicredi Campos Gerais tinha 597 colaboradores em 2020, e agora possui 823. Tudo isso fez a Cooperativa alcançar um resultado (o equivalente ao ‘lucro’ para uma cooperativa) de R$ 127,3 milhões, um valor recorde. Foi um crescimento de 47,8% sobre os R$ 86,1 milhões de 2021, mais do que dobrando o resultado em dois anos, sobre os R$ 63,2 milhões de 2020.

“Levamos essa cooperativa, de uma das oito menores do Paraná, para uma das 10 maiores do Brasil, considerando todos os sistemas. Encerramos esse ciclo superando marcas incríveis, como os 100 mil associados e mais de R$ 100 milhões em resultado, o terceiro maior valor da Central [Sicredi]”, detalhou o Diretor Executivo Marcio Zwierewicz, que assumirá a presidência da cooperativa. Popke Ferdinand Van der Vinne, atual presidente, se tornará vice-presidente.

Cooperativa distribuirá R$ 36,9 mi aos associados

Nas assembleias, que começam em Curiúva nesta segunda-feira (23) e seguem em diversos locais até a Assembleia Geral Ordinária, que ocorre no dia 17 de março, serão votadas as propostas de distribuição de resultados: no total, R$ 36,9 milhões serão distribuídos aos associados. Desses, mais de R$ 20,9 milhões já foram depositados de Pagamento de Juros ao Capital, já creditados na Conta Capital dos associados em dezembro; e mais de R$ 15,9 milhões de resultados serão distribuídos, a serem creditados na Conta Capital dos associados em março de 2023, proporcionalmente à utilização de produtos e serviços da cooperativa – os cooperados podem receber até 50% de sua participação em conta poupança ou conta corrente.

Expansão física e social

No decorrer de 2022, a Sicredi Campos Gerais investiu R$ 16 milhões na expansão física, com a inauguração de seis novas agências, sendo três delas em Ponta Grossa: Centro (avenida Vicente Machado), Chapada e Santa Paula. E, para 2023, há a previsão da inauguração de três unidades novas em Curitiba. Além disso, a participação da cooperativa nas iniciativas sociais das comunidades onde está presente superou R$ 8 milhões, com atuação em 78 projetos, informa a diretora de negócios, Leila Grik. “São mais de R$ 8 milhões em investimentos nas mais diversas frentes: sociais, ambientais, educação, cultura, esporte, saúde segurança, e inclusão social nas nossas comunidades. São números alicerçados no mais importante pilar corporativista: as pessoas”, informou.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE