PUBLICIDADE

Faturamento da Castrolanda atinge valor recorde de R$ 7 bi

Movimentação histórica foi alcançada no início deste mês de dezembro. crescimento em relação ao faturamento total de 2021 é de 18%. Valor movimentado dobrou em três anos

Grande diversidade nas áreas de atuação garante um faturamento recorde em 2022
Grande diversidade nas áreas de atuação garante um faturamento recorde em 2022 -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Castrolanda Cooperativa Agroindustrial alcançou, neste mês de dezembro, uma marca inédita em movimentação financeira. Pela primeira vez em sua história, atingiu R$ 7 bilhões em faturamento em 2022, registrando um valor recorde em movimentação na sua história de mais de sete décadas. Esse montante, registrado ainda no início do mês de dezembro, já é um valor 18% superior ao alcançado durante todo o ano de 2021 (R$ 5,8 bilhões). O número consolida a Castrolanda como a maior empresa nascida e sediada na região dos Campos Gerais, com posição de destaque entre as maiores cooperativas do Paraná e do Brasil.

Em um recorte mais amplo, na comparação com 2020, quando o faturamento alcançou R$ 4,47 bilhões, o aumento no faturamento é 62,8%. Já em relação a 2019, quando o faturamento totalizou R$ 3,5 bilhões, o crescimento da cooperativa foi tamanho a ponto de dobrar nesses três anos. O desempenho foi acima do esperado e do planejado pela cooperativa, que tinha a meta de alcançar um valor na casa dos R$ 5,9 bilhões.

Seung Lee, Diretor Executivo da cooperativa, descreve alguns fatores que influenciaram esses resultados. “Quando se fala de como foi 2022, depende muito de cada setor. Alguns setores foram muito punidos pela pandemia, outros nem tanto. O agronegócio passa por uma situação diferente, pois todos precisam comer”, resumiu ele, lembrando de outros fatores que impactaram no setor. Entre eles estão a guerra da ucrânia, elevação no custo dos insumos agrícolas e incertezas no mercado de proteína animal. “O preço dos alimentos subiu muito, e não se pode repassar a inflação ao mercado de consumo, de forma constante, pois chega uma hora em que as pessoas vão começar a parar de consumir algumas coisas devido ao preço, e aí a situação pode apertar. Com isso, devemos estar sempre preparados para o pior”, completou.

EMPENHO

Presidente da Castrolanda, Willem Berend Bouwman destaca a união dos cooperados e colaboradores para tornar esse crescimento possível. “Pensando em todas as coisas boas que aconteceram na Castrolanda neste ano, fico muito feliz, pois é o resultado do empenho de muitas pessoas, cada um na sua função, trabalhando pelo mesmo objetivo, que é o crescimento da cooperativa. Gostaria de agradecer a todos pela dedicação e construção diária, que resulta em todas as nossas vitórias”, disse, afirmando que embora as expectativas para 2023 sejam incertas, tendo em vista o resultado desses últimos anos, será possível alcançar novas boas marcas com a união cooperativista.

Diversificação contribui para resultados

Um dos fatores que contribuiu para forte desempenho da cooperativa no ano é o fato da Castrolanda atuar em inúmeras frentes, seja na pecuária ou na agricultura. Os principais produtos da cooperativa são o leite, carne suína e a soja. “Pela média de 2022, podemos dizer que foi um bom ano para a cooperativa, mas dependendo do setor, o cenário pode ter sido diferente. Por isso que é importante a diversificação de atividades, pois se ficássemos concentrados em uma única atividade poderíamos sofrer muito”, explica o diretor executivo da cooperativa, Seung Lee.  

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE