PUBLICIDADE

Defesa Civil monitora ventos fortes e tempestades no Paraná

De acordo com o Simepar, rajadas mais severas de vento ocorreram em algumas cidades

Foram observadas pancadas de chuva forte em cidades do interior na manhã desta quinta-feira (06)
Foram observadas pancadas de chuva forte em cidades do interior na manhã desta quinta-feira (06) -

Agência Estadual de Notícias

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Defesa Civil do Paraná está monitorando as fortes chuvas e possíveis ocorrências de tempestades que começaram a atingir diversos pontos do Estado desde quarta-feira (05). O órgão iniciou o envio de alertas para a população já na terça (04).

De acordo com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), foram observadas pancadas de chuva forte em cidades do Interior na manhã desta quinta-feira (06). Rajadas mais severas de vento ocorreram em Ubiratã (82,8 km/h), São Miguel do Iguaçu (75,6 km/h) e Laranjeiras do Sul (70,6 km/h). Não há, porém, manifestação de ocorrências graves.

Na região Norte, em Londrina, apontou o Centro Estadual de Gestão de Riscos e Desastres (Cegerd), da Defesa Civil, algumas casas foram atingidas por quedas de árvore, sem a ocorrência de vítimas ou desabrigados. Em São Miguel do Iguaçu, no Oeste, além de algumas residências, duas escolas e uma creche foram destelhadas. As aulas foram canceladas.

Houve destelhamentos, também, em Juranda, no Centro-Oeste, e pontos de alagamentos em Corbélia, no Oeste. Essa condição de tempo severo está associada ao avanço de uma linha de instabilidade sobre o oeste/noroeste paranaense.

Além do monitoramento em tempo integral, o Governo do Estado, por meio da Defesa Civil, disponibiliza lonas plásticas, telhas de fibrocimento, colchão, kit dormitório, kit higiene, kit limpeza e cesta básica para as famílias vulneráveis que foram afetadas.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE