PUBLICIDADE

Suspeito de matar personal trainer é preso em Tibagi

Caso foi em abril desse ano e gerou muita comoção na cidade de Colombo, região metropolitana de Curitiba

De acordo com a polícia, o suspeito matou o personal trainer por ciúmes de uma possível traição
De acordo com a polícia, o suspeito matou o personal trainer por ciúmes de uma possível traição -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Polícia Civil de Colombo prendeu nesta segunda-feira (26) um homem de 33 anos suspeito de matar o personal trainer Ronaldo Santos, em abril deste ano. O suspeito foi preso em Tibagi. De acordo com o delegado Herculano de Abreu, a prisão preventiva foi decretada após o suspeito fazer diversas ameaças a uma das principais testemunhas do crime.

Segundo a polícia, o suspeito era marido de uma das alunas do personal. Na época do crime, o advogado do suspeito entregou à polícia a arma usada para matar o personal.

Ciúmes motivou assassinato, diz polícia

De acordo com a polícia, o suspeito matou o personal trainer por ciúmes de uma possível traição. Santos tinha 40 anos e foi morto na madrugada do dia 7 de abril quando saía da academia onde trabalhava no bairro Campo Pequeno, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba.

O personal, segundo a polícia, foi abordado por duas pessoas que chegaram em um carro preto e atiraram contra ele. Santos foi baleado, tentou fugir, mas morreu no local.

As informações são do G1

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE