Piraí do sul pretende criar o programa ‘Feira Verde’

Projeto elaborado pelo prefeito Henrique Carneiro foi encaminhado à Câmara Muncipal

Poder Executivo justifica que a proposta tem grande potencial
Poder Executivo justifica que a proposta tem grande potencial -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Prefeitura Municipal de Piraí do Sul pretende criar o programa ‘Feira Verde Piraí’. A proposta (anteprojeto de lei n. 028/2022) foi repassada à Câmara de Vereadores nesta semana. O projeto consiste na realização de campanhas para incentivar a população a trocar o lixo reciclável (papel, papelão, vidro, metais, óleo vegetal usado, entre outros) por frutas, legumes, verduras e demais alimentos adquiridos pelo município, preferencialmente, através da agricultura familiar.

Para se beneficiar do programa, o cidadão levará o material reciclável ao ponto de troca, recebendo uma quantidade de produtos hortifrutigranjeiros conforme critérios estabelecidos pela Secretaria de Agricultura. Os materiais coletados serão repassados às associações ou cooperativas de catadores de lixo. O Executivo justifica que a proposta tem grande potencial e visa a preservação do meio ambiente, o combate à fome, o incentivo à alimentação de qualidade e o fomento das atividades dos produtores rurais e das instituições que trabalham com recicláveis.

Detalhes do projeto

O texto do projeto assinado pelo prefeito Henrique Carneiro traz detalhes da importância do programa. "O programa vai se sustentar em três pilares principais: -  o ambiental, pois haverá a diminuição do lixo lançado irregularmente na natureza, dando a correta destinação ou reaproveitamento; - o social, pois pessoas beneficiadas, principalmente as em situação de vulnerabilidade social, terão acesso a alimentação saudável; e o econômico, que incentivará a produção dos agricultores familiares e, noutro giro, aumentará o volume de materiais disponibilizados aos catadores de recicláveis", diz o texto.

Cenário regional

Recebido pelo plenário, o projeto de lei segue para o estudo e análise das comissões internas e departamento jurídico. O prazo de tramitação da matéria será de 45 dias. Com essa iniciativa, Piraí do Sul deve seguir o mesmo caminho de outras cidades dos Campos Gerais que possuem projetos neste mesmo formato, como Castro, Ponta Grossa, Jaguariaíva, por exemplo. A iniciativa tende a oferecer alimentos para a população, fomentar a agricultura local e estimular a gestão correta de resíduos.

Ações em prol da causa animal

A Câmara de Vereadores avalia a partir desta semana a viabilidade da criação do programa "Banco de ração e utensílios para cães e gatos" em Piraí do Sul. A proposta de lei (034/2022) do vereador Rogério Torno (MDB) busca criar mecanismos de arrecadação e armazenamento de gêneros alimentícios, perecíveis ou não, além de utensílios como roupas, remédios, coleiras, guias, casinhas, brinquedos e demais acessórios aos animais.Segundo a proposição, o Poder Executivo poderá organizar a estrutura do programa, como recebimento, coleta e distribuição dos itens.

Com informações da Assessoria de Imprensa