Comboio da Saúde amplia atendimentos na região

Investimento do Governo do Estado nesta estratégia soma mais de R$ 10,3 milhões. Quatro cidades dos Campos Gerais já foram contempladas

Investimento do Governo do Estado nesta estratégia soma mais de R$ 10,3 milhões
Investimento do Governo do Estado nesta estratégia soma mais de R$ 10,3 milhões -

Agência Estadual de Notícias

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

 Investimento do Governo do Estado nesta estratégia soma mais de R$ 10,3 milhões. Quatro cidades dos Campos Gerais já foram contempladas

Um balanço da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) mostra que 3.927 pacientes já foram atendidos pelo Comboio da Saúde para realização de agendamentos, consultas e exames que antecedem as cirurgias de catarata e pterígio, desde o início do programa lançado no dia 12 de maio. O investimento do Governo do Estado nesta estratégia soma mais de R$ 10,3 milhões.

A ação da secretaria estadual da Saúde busca acelerar os procedimentos de oftalmologia e ofertar atendimento regionalizado e descentralizado em todo o Paraná. A fila atualizada para essas cirurgias possui mais de 26,5 mil pacientes. Deste total, 17,7 mil precisam fazer cirurgia de catarata e 8,8 mil de pterígio.

Entre os municípios localizados nos Campos Gerais, Telêmaco Borba, Arapoti, Irati e Ponta Grossa foram contemplados. As cidades de Ibiporã, Campo Largo, São José dos Pinhais e Matinhos também receberam ações. “O Comboio é mais um esforço do Governo do Estado para diminuir filas de espera e levar o atendimento para mais perto da casa dos paranaenses, principalmente porque quase toda a demanda para esses procedimentos referem-se a pessoas idosas, que não devem se deslocar por horas até uma unidade de referência”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, César Neves.

Para realização das cirurgias, oito unidades hospitalares, localizadas em Campo Largo, Cornélio Procópio, Jacarezinho, Irati, Londrina e Cascavel, se credenciaram por meio de edital da Secretaria da Saúde. Os hospitais devem absorver a demanda de atendimento dos municípios de abrangência de suas respectivas regiões.

Opera Paraná

Fora as ações do Comboio, a Secretaria da Saúde também lançou o Opera Paraná, maior programa de cirurgias eletivas com investimento recorde de R$ 150 milhões do Governo do Estado. Entre as especialidades atendidas estão ortopedia, cirurgia vascular, ginecologia, otorrinolaringologia, oftalmologia — exceto catarata e pterígio — e cirurgia geral.

A destinação do recurso foi formalizada por meio da Resolução Sesa nº 1.104/2021 e deve abranger os mais diversos serviços de Saúde do Estado, desde que se enquadrem nas normativas da resolução n° 1.127/2021. Até agora, pelo menos 822 cirurgias já foram feitas com recursos do programa, somando um montante de R$ 12 milhões do Tesouro do Estado. Além disso, a Saúde também já repassou R$ 25,3 milhões para os municípios com gestão plena da saúde.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right