Castro realiza projetos sociais para diferentes públicos

Programa tem como objetivo oportunizar a participação social e cidadã dos adolescentes e jovens

Programa tem como objetivo oportunizar a participação social e cidadã dos adolescentes e jovens
Programa tem como objetivo oportunizar a participação social e cidadã dos adolescentes e jovens -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Programa tem como objetivo oportunizar a participação social e cidadã dos adolescentes e jovens

O programa 'Agentes de Cidadania', do governo do Estado, desenvolvido pela Secretaria Municipal da Família e Desenvolvimento Social de Castro e realizado no Centro da Juventude Wallace Thadeu de Mello e Silva (Ceju) conta, atualmente, com sete projetos ativos envolvendo atividades educativas, esportivas, socializadoras e de produção cultural junto à crianças, adolescentes e pessoas idosas. O projeto tem como objetivo oportunizar a participação social e cidadã dos adolescentes e jovens e a inclusão sociocultural de crianças e adolescentes por meio da atuação dos Agentes de Cidadania. 

Cada adolescente inserido no programa recebe uma bolsa no valor de R$ 306 por mês e precisa cumprir uma carga horária de dez horas semanais divididas entre pesquisa, planejamento e formação com a técnica responsável pelo programa.  Além das atividades no Ceju, o projeto pode ser desenvolvido em outros locais por meio de parcerias com os demais equipamentos públicos do município.

As atividades oferecidas são tênis de mesa; futsal; informática para idosos; Ordem Unida; fotografia e instagram; acolhida e inglês. Para participar do programa, os adolescentes são selecionados por uma comissão formada por representantes dos Conselhos Municipais de Assistência Social, e da Criança e Adolescente. “Atualmente contamos com 28 adolescentes no programa, porém, podemos ter 40 e queremos alcançar este número. Sem dúvida, é uma grande oportunidade para a juventude, que pode por meio da criação e atuação em projetos inovadores, mostrar a força que os jovens possuem”, destaca a coordenadora do Ceju, Erika Kakimoto.

Para participar do programa é necessário ter idade entre 14 e 17 anos; estar matriculado no sistema de ensino; ter renda familiar per capita menor ou igual a um salário mínimo e estar cadastrado junto ao Centro de Referência e Assistência Social (Cras). Os interessados devem procurar o Ceju para preenchimento da ficha de inscrição na Rua Raimundo Feijó Gaião, 351, ao lado da pista de atletismo, no Jardim das Araucárias.

Com informações da Assessoria de Imprensa

Conteúdo de marca

Quero divulgar right