Câmara de Castro aprova a criação do programa 'Eco Feira'

Iniciativa consiste na troca de resíduos recicláveis por produtos produzidos ou fabricados pelos agricultores familiares

 Iniciativa consiste na troca de resíduos recicláveis por produtos produzidos ou fabricados pelos agricultores familiares
Iniciativa consiste na troca de resíduos recicláveis por produtos produzidos ou fabricados pelos agricultores familiares -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

 Iniciativa consiste na troca de resíduos recicláveis por produtos produzidos ou fabricados pelos agricultores familiares

Os vereadores da Câmara Municipal de Castro aprovaram, na sessão ordinária desta quarta-feira (24), a implementação do programa ‘Eco Feira’ no município. A iniciativa consiste na troca de resíduos recicláveis por produtos produzidos ou fabricados pelos agricultores familiares que atuam na zona rural da cidade. O Projeto de Lei nº 128/2021, que agora segue para sanção, foi enviado pelo poder executivo por meio do prefeito Moacyr Fadel (Patriota) e faz parte do sistema de segurança alimentar do município. 

O programa estará vinculado à Secretaria Municipal de Interior, por meio da Superintendência de Pecuária e Abastecimento, e tem como objetivos o combate à fome e à pobreza, a ampliação no escoamento da safra de pequenos produtores, a preservação do meio ambiente, o incentivo a separação adequada do lixo e a promoção do cooperativismo das associações de catadores de Castro.

O presidente da Casa de Leis, Neto Fadel (Patriota), destaca que a iniciativa irá beneficiar muitas pessoas. “O programa irá possibilitar o acesso a alimentos saudáveis, principalmente às famílias de baixa renda. Também haverá o benefício aos agricultores familiares, que terão mais uma forma de destino e estímulo de consumo de sua produção. Por fim, será fundamental a ajuda aos membros das associações de catadores de recicláveis, pois os materiais coletados serão repassados a eles”, menciona Fadel.

Para se beneficiarem do programa ‘Eco Feira’, os interessados deverão levar os materiais recicláveis até o ponto de troca nos dias estabelecidos em calendário. A quantidade de produtos que receberão irá observar os critérios estabelecidos por regulamento desenvolvido pela superintendência.

Agricultores familiares de Castro também poderão comercializar, em breve, seus produtos diretamente para a população em espaço próprio. A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Interior, vai construir o Mercado do Produtor, ao lado do Centro de Distribuição da Agricultura Familiar, na Vila Santa Cruz, com acesso principal pela Rua Adolfo Gustavo Lesnau e secundário pela Rua São Tomé para carga e descarga. 

Prefeitura sinaliza investimento de R$ 921 mil

A Ordem de Serviço referente ao início das obras no Mercado do Produtor foi assinada no início de novembro pelo prefeito Moacyr Fadel. O prédio terá 966,50 m² com 21 box com bancadas expositoras e pias compartilhadas a cada dois expositores, além de banheiros feminino e masculino adaptados para pessoas com deficiência. O espaço também comportará área para palestras e orientação aos produtores e expositores. O investimento total na obra é superior a R$ 921 mil com recursos próprios do município.

Com infromações das Assessorias

Conteúdo de marca

Quero divulgar right