Tecnologias em sala auxiliam no projeto do MPT em Ivaí

Tablets e lousas digitais foram aliadas de estudo, reflexão e produções por parte dos alunos do 5º ano A da Escola Madre Josafata

Campanha dos alunos destacou para o que pode e não pode na infância
Campanha dos alunos destacou para o que pode e não pode na infância -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Por meio do projeto MPT na Escola, do Ministério Público do Trabalho, que busca nos quartos e quintos anos a conscientização, mobilização e prevenção contra o trabalho infantil, o 5º ano A da Escola Municipal Madre Josafata, em Ivaí, desenvolveu diversas atividades acerca da temática sob orientação da professora Mariana Lila Blonski.

“Trabalhar com o aluno este assunto, trabalho infantil, o ajuda a perceber situações que o mesmo pode estar passando e, consequentemente, este aluno leva o assunto à família. Ou seja, a escola faz valer o seu papel de formar cidadãos conscientes, traz e faz a ponte entre conteúdo e o meio em que o educando vive e convive”, destaca a docente.

GALERIA DE FOTOS

  • Tecnologias em sala auxiliam no projeto do MPT em Ivaí
  • Tecnologias em sala auxiliam no projeto do MPT em Ivaí
  • Tecnologias em sala auxiliam no projeto do MPT em Ivaí
  • Tecnologias em sala auxiliam no projeto do MPT em Ivaí
  • Tecnologias em sala auxiliam no projeto do MPT em Ivaí
  • Tecnologias em sala auxiliam no projeto do MPT em Ivaí
  • Tecnologias em sala auxiliam no projeto do MPT em Ivaí
  • Tecnologias em sala auxiliam no projeto do MPT em Ivaí
  

Segundo a educadora, sua turma trabalhou o tema pelo material do projeto, com pesquisas em tablete e tela interativa – materiais tecnológicos da instituição e da sala de aula. Na sequência, houve produção textual argumentativa, poemas sobre a importância de brincar, “ou seja, o que uma criança da idade em que os alunos se encontram deve e gosta de fazer”, pontua Mariana.

“E, para finalizar, os alunos fizeram cartazes acerca da temática e tiraram fotos onde supostamente trabalhavam e, ao mesmo tempo, fotos em que brincavam. Trabalhar desta maneira e com esse projeto foi muito prazeroso, pois os alunos se mostraram mais engajados que nunca, e isto é visível pela devolutiva apresentada pelos alunos comprovadas nas fotos e vídeos”, conclui a professora.

Acesse o blog escolar da Escola Madre Josafata clicando aqui

Conteúdo de marca

Quero divulgar right